Sem Doria, tucanos podem apresentar nome de Eduardo Leite para Presidência

Movimento para a executiva nacional acontece após o ex-governador de São Paulo desistir da pré-campanha presidencial


0
Eduardo Leite (PSDB), ex-governador do Rio Grande do Sul (Foto: Felipe Dalla Valle / Palácio Piratini)

Com o ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB) fora do páreo, tucanos apresentarão na reunião da executiva nacional do partido prevista para esta terça-feira (24) o nome de Eduardo Leite para a Presidência.

“Vai começar o movimento para chamar o segundo lugar nas prévias. A tese vai ser apresentada amanhã”, disse um dirigente tucano ao site G1, sobre nova investida para o ex-governador do RS representar o partido na eleição.

A argumentação é de que o PSDB deve manter sua candidatura e passar para o segundo colocado nas prévias, mesmo com uma eventual negociação com partidos da terceira via em andamento.

O movimento mostra que o caminho para apoiar a candidatura de Simone Tebet, pré-candidata do MDB ao Planalto, também enfrenta resistência de parte do PSDB.

VALE ESSA

Logo após a desistência de Doria, o presidente do partido, Bruno Araújo, defendeu conversas com o Cidadania e MDB para alinhar um nome em comum para a eleição de outubro.
Além de Tebet, o União Brasil, sigla que já integrou a terceira via, poderá voltar a conversar com MDB, PSDB e Cidadania. Hoje o União oferece o nome de seu presidente, Luciano Bivar, como presidenciável.

Gesto que merece respeito

O ex-governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite (PSDB) usou seu perfil no Twitter para falar da renúncia de João Doria da candidatura à Presidência da República. Ele diz que a atitude de Doria unifica a terceira via. “O PSDB teve candidato legítimo oriundo das prévias, que agora faz gesto pela unificação da terceira via sob liderança de outro partido. Gesto importante de João Doria, que merece respeito. As circunstâncias adversas de uma eleição não diminuem a relevância do seu legado para o Brasil”, declarou Leite.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui