Sem pacientes na UTI, Benítez pede que Paraguai não ‘baixe a guarda’

O Paraguai, que tem nove mortes e 239 casos confirmados de covid-19, pode encerrar no domingo parte das restrições sanitárias que foram impostas em 10 de março.


1
Foto: Presidência do Paraguai via EFE / UOL / Divulgação

O presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, pediu nesta quinta-feira (30) que o país não baixe a guarda na luta contra o coronavírus, em um momento em que o país não tem nenhum paciente internado em UTIs.

O Paraguai, que tem nove mortes e 239 casos confirmados de covid-19 até esta quinta, pode encerrar no domingo parte das restrições sanitárias que foram impostas em 10 de março e iniciar na segunda (4) a primeira fase de uma “quarentena inteligente”, nome dado pelo governo para a flexibilização.

Fonte: UOL

1 comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui