Semana da adoção: MPRS realiza série de atividades para sensibilizar a sociedade e informar sobre programas

Com o intuito de informar e sensibilizar a sociedade, o Ministério Público do Rio Grande do Sul organizou a programação


0

No Brasil, atualmente, 2.032 crianças e adolescentes estão aptos a serem adotados, enquanto há mais de 33 mil pretendentes, conforme dados do Sistema Nacional de Adoção. No Rio Grande do Sul, são 316 crianças e adolescentes disponíveis para adoção para em torno de 4 mil pretendentes. A conta não fecha, em parte pela preferência por um perfil que não é o da maioria dos acolhidos. Com o intuito de informar e sensibilizar a sociedade, o Ministério Público do Rio Grande do Sul promove a Semana da Adoção, de 24 a 28 de maio, com lives transmitidas pelo canal do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional do MP no YouTube (youtube.com/ceafmprs). A programação foi organizada pela promotora de Justiça da Infância e da Juventude de Porto Alegre Cinara Vianna Dutra Braga, que fará a mediação das lives.

Celebrado em 25 de maio, o Dia Nacional da Adoção foi criado para incentivar reflexões e conscientização acerca de um dos direitos mais importantes do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA): à convivência familiar e comunitária. O MP, durante todo o mês de maio, exibiu em seu perfil do Instagram (@ministeriopublicors) histórias de pessoas que tiveram as suas vidas ressignificadas por este ato de amor que é a adoção.

Esses filhos por adoção – o jornalista Alexandre Luchese, autor do livro “Vida de Adotivo”, fundador do grupo de apoio a filhos adotivos Arte do Encontro e criador do curso Jornada Pela Mente Adotiva; e a designer Simone Uriartt, coordenadora das atividades do projeto Adoção Tardia – e pais adotivos – o analista de sistemas Nilson Ayala Queiróz, criador do projeto Pais de Coração, autor do livro “Adoção”, mesmo no me do aplicativo que idealizou; e o assistente social Peterson Rodrigues dos Santos, co-fundador e atual presidente da Elo – Organização de Apoio à Adoção e Assistência Social – participam da live Ressignificando Vidas, no dia 25, às 10h.

“É importante que as pessoas que pensam em adotar ou que, de alguma forma, querem auxiliar as crianças e adolescentes institucionalizados, conheçam nossos projetos, o perfil e necessidades dos acolhidos”, afirma a promotora Cinara. A Semana da Adoção, completa, “pretende dar visibilidade às nossas crianças e adolescentes, falar sobre apadrinhamento afetivo e financeiro, sobre acolhimento institucional e familiar, adoção tardia e internacional. Esclarecer, informar e encantar! Temos muito a conversar! Participe!”

Confira a programação da Semana da Adoção no MP:

24/05, às 10h: Projetos de Acolhimento
25/05, às 10h: Dia Nacional da Adoção – Ressignificando Vidas
26/05, às 19h: Acolhimento Familiar
27/05, às 19h30: Papo Legal – Conversa com os Acolhidos (transmissão restrita)
28/05, às 10h: Projetos de Adoção Tardia e Adoção Internacional


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui