Semana de “efeito cebola” no RS

Os próximos dias serão ensolarados, de noites frias e tardes quentes.


0
Foto: Divulgação

O mês de agosto começou com marcas elevadas para época e assim seguirá nos próximos dias. O Sul do Brasil estará vivenciando um bloqueio atmosférico, e por conta disso não temos sinalização para possibilidade de chuva pelos próximos dias.

O cenário para a primeira metade do mês oito, determina que viveremos dias de amplitude térmica. Ou seja, as noites são frias e as tardes mais quentes que o normal para essa época do ano. Popularmente chamamos períodos assim de: “efeito cebola”.

Segundo especialistas, trocas térmicas fazem mal para a mucosa nasal, causando inclusive irritações. O organismo tem uma grande capacidade de adaptação, mas ela é lenta. Com tanta variação o corpo não consegue se acostumar, causando esses desequilíbrios.

Para escolher a roupa certa para essa semana a dica é se vestir em camadas. Para aguentar as baixas temperaturas de manhã e à noite, calor no meio do dia e, às vezes, o melhor é usar camadas para tirar ou colocar conforme as alterações nas marcas.

Ao longo da semana, com o ar seco, se repetirá o acentuado resfriamento noturno e o rápido aquecimento durante o dia. Em locais de grande altitude, como o Planalto Sul de Santa Catarina e a região de São José dos Ausentes, o tempo muito seco e aberto vai trazer mínimas muito baixas em alguns locais, inclusive negativas e com geada.

De acordo com a MetSul, a segunda-feira (03) será mais um dia de sol no Rio Grande do Sul. A tarde será quente, especialmente na Grande Porto Alegre, nos vales e no Noroeste gaúcho com máximas que devem ficar perto dos 30ºC.

Fonte: MetSul

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui