Semana do Idoso do Sesc/RS propõe inspirar e movimentar público da terceira idade em série de atividades on-line

Nutricionista dá dicas para uma alimentação saudável na terceira idade.


0
Agente de Cultura do Sesc, Débora Mallmann Nonnenmacher e a nutricionista Juliette Carvalho (Foto: Rodrigo Gallas)

A temática Inspirando e Movimentando a Maturidade irá guiar a programação da Semana do Idoso, com atividades virtuais que serão realizadas pelo Sesc/RS de 1º a 7 de outubro. Imprimir movimento à vida, encontrar soluções criativas e estimular a busca pela saúde da mente e do corpo são alguns dos benefícios das atrações que poderão ser acessadas gratuitamente por meio das redes do Sesc/RS. O assunto foi pauta no programa Panorama desta quinta-feira (1º), com a participação da a agente de cultura do Sesc, Débora Mallmann Nonnenmacher e a nutricionista Juliette Carvalho.


ouça a entrevista

 


 

A programação inicia nesta quinta-feira (1º) — Dia Nacional do Idoso e o Dia Internacional da Terceira Idade — com uma caminhada virtual por Torres a partir das 15h, e se encerra no dia 7 de outubro, às 15h30, com um bate-papo com a influenciadora digital sênior Miréia Borges, que mostrará como o público da maturidade não apenas acompanha, mas produz conteúdo nas redes sociais.

Haverá ainda bingo musical (02/10 – 15h30), bate-papo sobre receitas culinárias (05/10 – 15h30) e palestra sobre os cuidados para a prevenção do câncer de mama (06/10 – 15h30), além de uma programação exclusiva para os integrantes do programa Maturidade Ativa Sesc, que reúne pessoas a partir dos 50 anos interessadas em se manter em atividade, fazer novos amigos e desenvolver ações para contribuir com a comunidade.

O conteúdo será todo transmitido on-line, para evitar a exposição do público ao contágio pela Covid-19. Participe por meio da página do Sesc/RS no Facebook www.facebook.com/sescrs.

Alimentação na terceira idade

Uma das atividades previstas para a Semana do Idoso do Sesc é a oficina “Artistando Sabores – A arte de cozinhar com afeto e criatividade.” A nutricionista Juliette explica que a interação de voltar a cozinhar na terceira idade faz os idosos trazerem à tona memórias afetivas, que lembram da infância, por exemplo. “Faz eles aprender novos sabores, novos cheiros, aprende a comer, preparar o organismo pra quando forem se alimentar.”

Conforme a nutricionista, os idosos precisam de vários nutrientes, de vários grupos alimentares para a sua saúde. Com o envelhecimento perde-se o tato, cheiros e paladar. “Por isso, é legal eles estarem fazendo refeições diferentes, com temperos diferentes para dar um sabor melhor para a comida.”

Juliette explica que os idosos deve consumir diariamente vários tipos de verduras, legumes, frutas e alimentos ricos em cálcio. Também é importante fica no sol das 10h às 15h, durante 15min, para obter Vitamina D. RG/AI

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui