Senado votará subsídio para o gás de cozinha nesta semana

O valor médio do gás passou de R$ 75,29 no final de 2020 para R$ 96,89 em 2021, chegando a R$ 130 em algumas regiões do país


0
Foto: Pedro Ventura / Agência Brasília

O Plenário do Senado se reúne na próxima terça-feira (19), quando poderá votar o projeto de lei que prevê subsídios para a compra de botijões de gás de cozinha para famílias de baixa renda (PL 2.350/2021). O texto conta com relatório favorável e, se aprovado, seguirá para a Câmara dos Deputados.

O projeto cria o programa Gás para os Brasileiros, que poderá financiar até 100% do preço médio do botijão a cada dois meses. As famílias beneficiadas serão aquelas inscritas no Cadastro Único para programas sociais do Governo Federal (CadÚnico), com renda mensal per capita menor ou igual a meio salário mínimo ou que recebam o Benefício de Prestação Continuada (BPC). Mais de 11 milhões de famílias se encaixam nos critérios para receber o benefício.

O autor da proposta é o senador Eduardo Braga (MDB-AM). O relator é o senador Marcelo Castro (MDB-PI), que promoveu alterações no texto com o objetivo de ampliar o valor do benefício em relação ao previsto no texto original.

Segundo a proposta, as famílias terão direito, a cada dois meses, a um valor correspondente a 40% do preço médio da revenda do botijão de 13 kg. O programa tem previsão de duração de cinco anos.

O valor médio do gás passou de R$ 75,29 no final de 2020 para R$ 96,89 em 2021, chegando a R$ 130 em algumas regiões do país. Os dados são da Agência Nacional do Petróleo (ANP).

Fonte: Agência Senado

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui