“Serei candidato contra Bolsonaro”, diz Lula em entrevista a revista francesa

"Penso que fui um bom presidente", declarou o petista à Paris Match


0
Foto: Ricardo Stuckert/Divulgação

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva confirmou, pela primeira vez, que disputará as eleições de 2022 após ter recuperado os direitos políticos por decisão do STF (Supremo Tribunal Federal). “Serei candidato contra Bolsonaro”, disse o petista em entrevista concedida nesta semana à revista francesa Paris Match.

“Se estiver na melhor posição para ganhar as eleições e estiver com boa saúde, sim, não hesitarei”, disse o ex-presidente ao ser questionado se disputará o pleito do ano que vem. “Penso que fui um bom presidente. Criei laços fortes com a Europa, América do Sul, África, Estados Unidos, China, Rússia. Sob meu mandato, o Brasil tornou-se um importante ator no cenário mundial, notadamente criando pontes entre a América do Sul, África e os países árabes, com o objetivo de estabelecer e fortalecer uma relação entre países do hemisfério Sul e demonstrar que o predomínio geopolítico do Norte não era imutável”, declarou o petista.

Nesta semana, Lula usou o Twitter para fazer fazer afagos ao Centrão e comentários elogiosos sobre adversários políticos, como Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e Ciro Gomes (PDT). “Semana passada, em Brasília, falei com mais de 60 políticos, de vários partidos. Semana que vem, vou conversar com os movimentos sociais, intelectuais e com o movimento sindical. Quero conversar muito. Quem faz política conversa. Dono da verdade, carrancudo, não serve para política”, escreveu o petista.

Fonte: O Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui