Servidores do MP gaúcho decidem aderir à greve geral de sexta


0

Assembleias gerais realizadas em promotorias do interior gaúcho definiram que os servidores do Ministério Público Estadual vão paralisar as atividades, na sexta-feira, em meio à greve geral que contesta as reformas trabalhista e da Previdência.

O movimento também protesta contra a terceirização irrestrita, sancionada pelo presidente Michel Temer. Conforme a diretora do Sindicato dos Servidores do Ministério Público do Rio Grande do Sul (Simpe-RS) a Associação dos Servidores do Ministério Público (Aprojus), a categoria deve se concentrar em frente às promotorias e participar de manifestações conjuntas nos municípios em que residem.

Fonte: Rádio Guaíba

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui