Sessão na Câmara de Porto Alegre sobre veto a passaporte vacinal é suspensa após confusão

O presidente da sessão chegou a pedir o encaminhamento de um manifestante à delegacia


0
Fachada da Câmara de Porto Alegre, o Palácio Aloísio Filho (Foto: Divulgação)

Foi suspensa, na tarde desta quarta-feira (20), a sessão plenária da Câmara Municipal de Porto Alegre, que discutia o veto da prefeitura à exigência do comprovante vacinal contra a Covid-19 na cidade. O motivo foi uma confusão entre manifestantes contrários ao passaporte vacinal e alguns vereadores. Em nota, a Câmara Municipal repudiou os atos de violência e de intimidação contra os vereadores.

O presidente da sessão, Idenir Cecchim (MDB), chegou a pedir o encaminhamento de um manifestante à delegacia. No entanto, não houve prisões. Uma das pessoas exibia um cartaz com a reprodução de uma suástica nazista. O objeto foi recolhido por parlamentares. “Prisão não houve, mas vamos fazer um BO [boletim de ocorrência], daqueles que portavam cartazes de suástica”, confirmou.

A Guarda Municipal foi acionada para retirar os manifestantes do local. Conforme o comandante da corporação, Marcelo Nascimento, o policiamento foi reforçado. A sessão foi retomada, com as galerias vazias, por volta de 15h45.

Fonte: G1

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui