Setor de serviços cresce pelo 5º mês e tem maior nível desde 2015

Segmento mais importante da economia nacional está 4,6% acima do nível pré-pandemia, mas segue 7% abaixo do recorde histórico


0
Foto: PIXABAY

O volume de serviços cresceu 0,5% na passagem de julho para agosto. Trata-se da quinta alta consecutiva do setor que representa cerca de 70% de toda produção da economia brasileira, de acordo com os dados divulgados nesta quinta-feira (14) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Com a sequência de avanços, o segmento atingiu o maior patamar desde novembro de 2015 e agora figura 4,6% acima do nível pré-pandemia. Ainda assim, o setor segue 7,1% abaixo do recorde histórico, alcançado em novembro de 2014.

Nos últimos 12 meses finalizados em agosto, o crescimento do setor apurado é de 5,1%, o que mantém a trajetória de alta iniciada em fevereiro e corresponde à taxa mais intensa da série histórica da PMS (Pesquisa Mensal de Serviços), iniciada em dezembro de 2012.

Fonte: R7

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui