Setor público tem rombo pelo 7º ano com recorde de R$ 703 bilhões

Confira as informações do programa Correspondente Independente das 18h.


0

O setor público brasileiro registrou déficit primário de R$ 703 bilhões no ano passado, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (29) pelo Banco Central (BC). O valor equivale a 9,49% do Produto Interno Bruto (PIB). Foi o sétimo ano seguido com rombo nas contas públicas e o pior desempenho da série histórica do BC, iniciada em 2001. O déficit primário é o resultado que mostra a arrecadação menor que os gastos do setor público, sem incluir nessa conta o pagamento de juros. Fonte: R7


OUÇA O PROGRAMA 


Parlamento de Portugal aprova legalização da eutanásia

O Parlamento de Portugal aprovou, nesta sexta-feira (29), uma lei que legaliza a eutanásia, o que permite que pacientes terminais procurem assistência médica para acabar com a própria vida. Assim, o país se tornou o sétimo no mundo que tem essa lei. A lei precisa ser promulgada pelo presidente Marcelo Rebelo de Sousa, para que passe a vigorar. Ele já disse que pretende respeitar a decisão do Parlamento. Fonte: G1

Polícia Federal abre inquérito para investigar se houve omissão de ministro da Saúde no colapso sanitário em Manaus

A Polícia Federal (PF) abriu inquérito nesta sexta-feira (29) para apurar a responsabilidade do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, no colapso do sistema do Amazonas. O inquérito foi determinado pelo ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), relator do caso. Na segunda-feira o ministro apontou que o objetivo é verificar se houve omissão na solução para a falta de oxigênio hospitalar para pacientes com Covid-19 em Manaus. Fonte: O Sul

Fábrica clandestina de produtos falsificados é fechada em Canoas

Uma fábrica clandestina de produtos falsificados, muitos imitando grifes famosas, foi fechada na manhã desta sexta-feira pela Polícia Civil em Canoas. A operação Pirata foi deflagrada pela equipe da 1ª DP, sob comando do delegado Rafael Pereira, no bairro Mathias Velho. Cerca de 35 agentes cumpriram a ordem judicial. Os agentes apreenderam milhares de mercadorias falsificadas como camisetas, calças, moletons, bermudas, abrigos, bonés, calçados, roupas íntimas, perfumes e relógios, entre outros.Houve ainda o recolhimento de cerca de R$ 50 mil em dinheiro oriundo da atividade ilícita, telefones celulares, computadores e documentos. Fonte: O Correio do Povo

Estados pedem que Bolsonaro compre 54 mi de doses do Butantan

Em ofício encaminhado ao presidente Jair Bolsonaro, os governadores solicitaram que o governo federal compre as 54 milhões de doses da CoronaVac — com produção prevista pelo Instituto Butantan para os próximos meses, mas que ainda não tem acordo fechado para aquisição. No documento, os gestores solicitam ainda que o governo libera os estados para comprarem o imunizante, caso não seja concretizado o acordo. Fonte: R7

Pandemia faz matrículas recuarem 7,1% na rede particular do país

As matrículas de alunos na educação infantil em todo o Brasil tiveram queda de 7,1% na rede privada no ano passado ante 2019, apontou o Censo Escolar da Educação Básica 2020, divulgado nesta sexta-feira (29) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira(Inep). A redução acentuada no ano da pandemia de covid-19 influenciou diretamente nos números gerais de matrículas na educação infantil pelo país, que após um aumento de 8,4% entre 2016 e 2019, apresentou baixa de 1,6% em 2020. Na rede pública, houve aumento de 0,5% nas matrículas. Fonte: R7

Primeiro-ministro do Japão diz estar determinado a realizar Olimpíada

O primeiro-ministro do Japão, Yoshihide Suga, disse nesta sexta-feira (29) que está determinado a realizar os Jogos Olímpicos em Tóquio nesse verão do Hemisfério Norte como um símbolo de “esperança e coragem” durante a pandemia global de coronavírus. A seis meses da data marcada para o início das Olimpíadas, as pesquisas mostram que 80% dos japoneses não acham seguro realizá-las em 2021. O país deve iniciar a vacinação no fim de fevereiro e os contágios não caíram como se esperava depois de duas semanas de um novo estado de emergência em Tóquio e outras dez províncias. Fonte: G1


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui