Sexta-feira com 7.326 novos casos de Covid-19 e 77 óbitos no RS

O Estado já tem 546.636 pessoas vacinadas contra a doença.


0
Foto: Reprodução / Shutterstock

O Rio Grande do Sul registra nesta sexta-feira (26), 7.326 novos casos de Covid-19 e chega a um total de 632.019. O número estimado de recuperados é de 591.323 (94% dos casos); acompanhamento 28.408 (4%); e 12.226 óbitos no total, sendo 77 registrados nesta sexta pela Secretaria Estadual da Saúde.

Dos 2.741 leitos de UTI disponíveis no Rio Grande do Sul, 2.551 (93,1%) estavam com pacientes internados às 13h desta sexta-feira (26). Além disso, o Rio Grande do Sul já tem 546.636 pessoas vacinadas contra a doença.

Óbitos mais recentes registrados pelo Estado:

Alvorada (mulher, 59 anos)
Alvorada (homem, 79 anos)
Alvorada (homem, 47 anos)
Alvorada (mulher, 53 anos)
Bento Gonçalves (homem, 93 anos)
Bento Gonçalves (homem, 84 anos)
Bento Gonçalves (homem, 60 anos)
Butiá (mulher, 61 anos)
Cacique Doble (homem, 46 anos)
Camaquã (mulher, 86 anos)
Campo Bom (mulher, 89 anos)
Canoas (homem, 45 anos)
Canoas (homem, 60 anos)
Canoas (homem, 54 anos)
Canoas (mulher, 79 anos)
Canoas (homem, 74 anos)
Carazinho (homem, 71 anos)
Caxias do Sul (mulher, 79 anos)
Caxias do Sul (homem, 76 anos)
Cruz Alta (homem, 72 anos)
Cruz Alta (homem, 45 anos)
Estância Velha (mulher, 40 anos)
Esteio (homem, 69 anos)
Gentil (mulher, 60 anos)
Gravataí (mulher, 64 anos)
Ivoti (homem, 67 anos)
Ivoti (homem, 85 anos)
Jaboticaba (homem, 82 anos)
Jaguarão (mulher, 61 anos)
Lajeado (homem, 81 anos)
Nonoai (mulher, 61 anos)
Nonoai (mulher, 19 anos)
Nonoai (mulher, 82 anos)
Nonoai (mulher, 72 anos)
Nova Petrópolis (mulher, 74 anos)
Novo Hamburgo (homem, 80 anos)
Parobé (mulher, 77 anos)
Pelotas (homem, 69 anos)
Portão (homem, 87 anos)
Porto Alegre (homem, 55 anos)
Porto Alegre (homem, 72 anos)
Porto Alegre (mulher, 70 anos)
Porto Alegre (homem, 56 anos)
Porto Alegre (mulher, 79 anos)
Porto Alegre (mulher, 81 anos)
Porto Alegre (mulher, 95 anos)
Porto Alegre (homem, 75 anos)
Porto Alegre (mulher, 92 anos)
Porto Alegre (homem, 67 anos)
Porto Alegre (mulher, 94 anos)
Porto Alegre (homem, 61 anos)
Porto Alegre (mulher, 80 anos)
Porto Alegre (homem, 75 anos)
Protásio Alves (homem, 80 anos)
Rio Grande (homem, 73 anos)
Santa Bárbara do Sul (mulher, 75 anos)
Santa Cruz do Sul (homem, 76 anos)
Santa Cruz do Sul (mulher, 84 anos)
Santa Cruz do Sul (homem, 61 anos)
Santa Rosa (mulher, 68 anos)
São Borja (homem, 71 anos)
São Leopoldo (homem, 91 anos)
São Leopoldo (homem, 62 anos)
São Lourenço do Sul (homem, 61 anos)
Sapiranga (homem, 26 anos)
Sapiranga (homem, 44 anos)
Sapiranga (homem, 48 anos)
Sapiranga (mulher, 80 anos)
Sapucaia do Sul (mulher, 82 anos)
Sapucaia do Sul (homem, 79 anos)
Sapucaia do Sul (homem, 71 anos)
Sapucaia do Sul (mulher, 38 anos)
Selbach (homem, 84 anos)
Taquari (mulher, 51 anos)
Tupanciretã (mulher, 89 anos)
Venâncio Aires (mulher, 68 anos)
Viamão (homem, 61 anos)

Brasil

O consórcio de veículos de imprensa divulgou novo levantamento da situação da pandemia de coronavírus no Brasil a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde, consolidados às 20h desta quinta-feira (25). O país registrou 1.582 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, a maior marca anotada até aqui, chegando ao total de 251.661 óbitos desde o começo da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 1.150. É o segundo recorde seguido registrado nessa média.

A variação foi de +8% em comparação à média de 14 dias atrás, indicando tendência de estabilidade nos óbitos pela doença. O recorde anterior de número de mortes em 24 horas foi registrado em 29 de julho do ano passado, quando chegou a 1.554. Na ocasião, o número foi puxado por acúmulo devido à não divulgação de dados de SP e PA na véspera — diferente do boletim desta quinta. Quanto à média móvel de óbitos, seis das sete maiores marcas foram registradas nas últimas duas semanas.

Em casos confirmados, desde o começo da pandemia 10.393.886 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 67.878 desses confirmados no último dia. A média móvel nos últimos 7 dias foi de 52.177 novos diagnósticos por dia. Fonte: G1

Texto: Rita de Cássia
redacao@independente.com.br

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui