Sicredi anuncia construção de cinco novas agências, sede administrativa em MG e unidades itinerantes

Em café com a imprensa, cooperativa também falou sobre o período de assembleias, que inicia nesta segunda-feira (14)


0
Café com a imprensa ocorreu na sede administrativa de Lajeado (Foto: Artur Dullius)

Uma série de novos investimentos estão previstos pelo Sicredi Integração para os próximos anos. As cidades das futuras cinco agências a serem instaladas, o projeto para a implementação de duas agências itinerantes e a prestação de contas do último ano foram apresentadas durante a manhã desta segunda-feira (14), em um café com a imprensa. A data também marca o início do período de assembleia com os mais de 65 mil associados, que ocorre até o dia 30 de março.


OUÇA A REPORTAGEM 


As novidades foram divulgadas pelo presidente da Cooperativa, Adilson Metz, e o vice, Luiz Mário Berbigier. Segundo Metz, em razão da pandemia, o processo assemblear deste ano será novamente virtual, por meio do site sicredi.com.br/assembleias. Na ocasião, os associados poderão votar na eleição dos novos componentes do conselho fiscal e na destinação das sobras, que totaliza mais de R$ 11 milhões.

“Para aqueles que não estão familiarizados com a internet, lembramos que todas as nossas 23 agências estão preparadas para atender este público. Lá as pessoas também terão todo o suporte para assistir a assembleia e participar deste processo. Além disso, ainda vamos fazer algumas reuniões menores, com cerca de 30 pessoas, para prestar contas, conversar e continuar perto do nosso associado”, explica.

Conforme o presidente, o Sicredi registrou um crescimento de 40% em 2021. Para o ano atual, a cooperativa também espera um acréscimo de, no mínimo, 20%. Nos próximos dois anos esta prevista a abertura de cinco novas agências, sendo três ainda em 2021, em Minas Gerais (MG).

“Hoje, 13% dos ativos dos associados já esta em Minas Gerais e segue em um crescimento fantástico. Temos sete agências lá e o projeto já está equilibrado. Ou seja, as unidades que já estão no positivo produzem para aquelas que ainda não chegaram no ponto de equilíbrio. Isso nos da coragem e respaldo para continuar neste crescimento. Também já foi adquirido uma área e vamos começar, ainda neste ano, a construção do Centro Administrativo de MG, que deve ser inaugurado em 2024”, projeta.

Além das agências fixas, outras duas itinerantes foram anunciadas e devem estar em funcionamento ainda em 2021. A ideia é que elas sejam utilizados em eventos, feiras e no atendimento a população de distritos maiores. “Se tratam de unidades em veículos que podem se deslocar e operar o sistema financeiro em qualquer lugar. Aqui no Sul estamos pensando na utilização em feiras. Já em Minas, queremos usar em distritos grande e municípios menores onde ainda não temos agências”, conclui.

Texto: Artur Dullius
reporter@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui