Sicredi Integração credita cerca de R$ 1,67 milhão na conta capital dos associados

Cooperativa deposita nesta sexta-feira (10), a 63 mil associados, parte dos bons resultados obtidos em 2021


0
Luiz Mário Berbigier, vice-presidente do Sicredi Integração, e o presidente da cooperativa, Adilson Metz (Foto: Tiago Silva)

A Sicredi Integração RS/MG deposita nesta sexta-feira (10), a 63 mil associados, parte dos bons resultados obtidos em 2021 na cooperativa. O montante de R$ 1,67 milhão corresponde à remuneração do capital investido no momento do ingresso ao quadro social, cujo valor teve uma correção de 3,57%, numa variação de 100% da Taxa Selic.


ouça a entrevista

 


A quantia creditada na conta capital de cada associado, seja ele pessoa física ou jurídica, pode ser consultada pelo aplicativo, internet banking da Sicredi ou em uma das 23 agências da regional. “Essa cota capital é um patrimônio do associado, por isso cada ano ela é remunerada, é corrigida”, explica o presidente da cooperativa, Adilson Metz.

A correção é feita pela Selic, diferente de quando é feita a distribuição de sobras em contas-correntes, que ocorrem depois do processo assemblear. A Sicredi Integração inicia em fevereiro, até fim de março, e a distribuição das sobras, conforme o volume de negócios feito na cooperativa, em abril.

Por que o depósito é feito em dezembro?

“Porque isso mexe no período tributário das pessoas, nas suas declarações de renda”, explica o vice-presidente da cooperativa, Luiz Mário Berbigier. “Então, o associado que recebe juros ao capital, e assim também na sua distribuição de sobras depois da Assembleia, ele tem que pegar esses valores e constar na sua declaração, ele está prestando contas à Receita Federal, ao Fisco. É muito importante”, orienta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui