Situação está praticamente estabilizada em Encantado, diz coordenador da Defesa Civil local

Historicamente, a elevação para em Estrela cerca de cinco a seis horas após a estabilização em Encantado.


0

O coordenador da Defesa Civil de Encantando, Roberto Pretto, disse que a situação das cheias no município está praticamente estabilizada por volta das 15h30 desta quarta-feira (8). Conforme ele, é esperado que o nível do rio em Encanto estabilize até por volta das 16h. Pretto explica que, no município de Santa Tereza, na parte alta da bacia do Taquari, parou de subir ao meio-dia e, em Muçum, por volta das 14h30. Historicamente, a elevação para em Estrela, na parte mais baixa do rio, cerca de cinco a seis horas após a estabilização em Encantado.


ouça a entrevista

 


Roberto Pretto, coordenador da Defesa Civil de Encantado (Foto: Divulgação)

Pretto diz que as equipes da Defesa Civil tiveram que ajudar na remoção de cerca de 120 famílias de áreas alagadas. Conforme ele, houve uma sobrecarga de pessoas ilhadas em função de terem deixado para sair de suas moradias tardiamente, “talvez porque acharam que não ia acontecer nada”.

A Defesa Civil montou três abrigos para atender aos afetados pela cheia, na Vila Moça, Jardim do Trabalhador e no Parque João Batista Marchese. A maior distribuição ocorre em função de protocolos de saúde para evitar maiores aglomerações devido ao coronavírus.

“Agora é esperar o rio baixar para observar as cicatrizes que deixou na nossa cidade”, diz Pretto. “A descida é muito mais lenta que a subida”, observa o coordenador. Para ele, os reflexos da enchente ainda devem ser observados pelos próximos dez dias em Encantado.

Texto: Tiago Silva
web@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui