Sobe para 25 o nº de mortos em chuvas na China

Ainda há sete desaparecidos, segundo balanço divulgado nesta quarta-feira (21)


0

Ao menos 25 pessoas morreram na China, 12 delas no metrô de Zhengzhou, devido às chuvas torrenciais que autoridades meteorológicas do país dizem ser as mais fortes em mil anos. Ainda há sete desaparecidos, segundo balanço divulgado nesta quarta-feira (21), e autoridades dizem que mais de 500 pessoas foram resgatadas da linha de metrô que inundou. Imagens publicadas em redes sociais mostram os passageiros imersos dentro dos vagões, com a água na altura do peito , e estações que viraram rios.

Um passageiro contou na rede social Weibo que equipes de emergência abriram o teto do vagão para retirar, um a um, os passageiros. Outras imagens mostram uma pessoa sentada no teto de um vagão parcialmente submerso dentro de um túnel.

Entre os 25 mortos estão quatro pessoas na cidade de Gongyi, que fica às margens do Rio Amarelo e é vizinha de Zhengzhou, após o colapso generalizado de casas e prédios por causa das chuvas.

Em Luoyang, uma cidade de sete milhões de habitantes, uma fenda de 20 metros aberta na barragem de Yihetan “pode romper a qualquer momento”, segundo o exército. Os militares estão organizando uma operação de emergência que inclui o uso de dinamite e desviar a água para evitar uma catástrofe. As chuvas assolam Henan desde sábado (17) e mais água é esperada até sexta-feira (23). Nos últimos quatro dias, choveu o esperado para um ano inteiro em Zhengzhou.

Fonte: G1


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui