Sobe para 39 os mortos em bombardeio a estação de trem lotada no leste da Ucrânia

Ataque aconteceu quando cerca de 4 mil pessoas esperavam trens na estação de Kramatorsk


0
Destroços de um dos mísseis que, segundo Zelensky, atingiu a estação de trem em Kramatorsk, no leste da Ucrânia (Foto: Zelensky/Telegram)

Ao menos 39 pessoas morreram e mais de cem ficaram feridas por conta de um ataque aéreo a uma estação de trem na manhã desta sexta-feira (8) em Kramatorsk, na região de Donetsk, no leste da Ucrânia. O governo ucraniano acusa a Rússia de ter realizado deliberadamente o ataque, o que Moscou nega.

Segundo a companhia que administra a malha ferroviária da Ucrânia, dois mísseis atingiram a estação de Kramatorsk de manhã. De acordo com o governador da região, Pavlo Kyrylenko, 4 mil pessoas estavam na estação no momento do ataque. Elas se enfileiravam para tentar entrar em trens e deixar a região.

Há dois dias, a Ucrânia pede que moradores das cidades do leste da Ucrânia deixem às pressas a região, onde, segundo Kiev, Moscou prepara fortes ataques. Kyrylenko afirma que os ataques foram feitos por artilharia russa.

O Kremlin e o Ministério da Defesa da Rússia negaram que as forças russas sejam responsáveis pelo ataque. O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, afirmou que as tropas não tinham missões previstas para a região nesta sexta-feira (8).

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui