Sobreviventes de chacina em Cruzeiro do Sul não correm risco de morte

As duas mulheres sobreviventes foram encaminhadas para atendimento na UPA e no Hospital Bruno Born.


0
Foto: Júlio César Lenhardt

Na manhã desta segunda-feira (25), a Polícia Civil deu sequência as investigações da chacina que resultou na morte de três jovens e deixou outras duas feridas. O crime aconteceu por volta das 5h deste domingo (24), durante uma festa clandestina no Bairro Vila Zwirtes, em Cruzeiro do Sul.

As três pessoas mortas com disparos de arma de fogo foram identificadas como Jennifer Kelly Marques Pereira (23), de Lajeado; Giovane Rafael Alves Saraiva (20), de Estrela, e Júnior Alexandre Correia (28), de Cruzeiro do Sul.

Já as duas mulheres sobreviventes foram encaminhadas para atendimento na UPA e no Hospital Bruno Born. Conforme o delegado Humberto Mesa Roehrig, que está a frente das investigações, elas não correm risco de morte.

Foto: Júlio César Lenhardt

A festa acontecia em um galpão, localizado em um ponto afastado de outras residências. O policiamento ainda não tem informações sobre a autoria e as motivações do crime. Quando a Brigada Militar chegou, não havia mais ninguém no local. Populares e moradores da localidade informaram que esse tipo de situação era recorrente, tendo eventos durante todos os finais de semana. AD/GH

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui