Somos vítimas de campanha brutal de desinformação, diz Bolsonaro

Ele declarou também que, apesar da crise mundial, a produção rural não parou no Brasil.


0
Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta terça-feira (22), no discurso virtual durante a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), que a Covid-19 ganhou o centro de todas as atenções neste ano, e lamentou “cada morte ocorrida”.

Ele também destacou as queimadas no Pantanal e na Amazônia, e disse que o país é “vítima de campanha brutal de desinformação”. Ele declarou que, apesar da crise mundial, a produção rural não parou no Brasil.

Bolsonaro falou ainda que “parcela da imprensa brasileira também politizou o vírus, disseminando o pânico entre a população”. “Sob o lema ‘fique em casa’ e ‘a economia a gente vê depois’, quase trouxeram o caos social ao país”, declarou ele.

Seguindo a tradição, Bolsonaro foi o primeiro mandatário a discursar. Ele será seguido pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Fonte: CNN

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui