Sonda chinesa retorna com amostras do lado oculto da Lua

Feito é inédito e deve ajudar cientistas a responderem perguntas sobre a formação do satélite natural da Terra


0
Foto: Divulgação

Uma sonda lunar chinesa, a Chang’e-6, pousou na madrugada desta terça-feira (25/06) na região da Mongólia Interior, no norte da China, trazendo à Terra amostras do lado oculto da Lua. É a primeira vez que um país consegue coletar esse tipo de material para análise.

As amostras foram coletadas no início do mês após uma aterrissagem bem-sucedida na Bacia do Polo Sul-Aitken, uma enorme cratera localizada no lado oculto da Lua. As missões para o lado oculto da Lua são mais difíceis porque elas não ficam de frente para a Terra, exigindo um satélite retransmissor para manter as comunicações. O terreno também é mais acidentado e montanhoso.

As amostras serão transportadas por via aérea para Pequim, de acordo com a TV estatal chinesa. Os cientistas esperam que o material, formado por rochas vulcânicas de 2,5 milhões de anos, traga novos detalhes sobre a formação da Terra e do sistema solar, além de identificar diferenças entre os dois lados da Lua.

Fonte: DW

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui