Startups americanas recebem aporte de recursos para buscar cura para a calvície


0
Foto: Ilustrativa / Divulgação

Esperança para os carecas – que ainda não aderiram à moda das cabeças raspadas. Duas startups norte-americanas estão fazendo testes promissores para curar a calvície. Uma usa células do próprio paciente para gerar novos folículos capilares e a outra, células-tronco para transformá-las em folículos capilares. E de olho no público potencial que poderá se beneficiar, os investimentos nas pesquisas são pesados. Uma dessas pesquisas já recebeu mais de 15 milhões de dólares.

A startup norte-americana dNovo avançou nos testes para desenvolver a cura para a calvície usando células-tronco humanas em ratos. Outra startup – a Stemson Therapeutics – recebeu um investimento de US$ 15 milhões (R$ 81,58 milhões) em julho de 2021 para desenvolver a cura para a queda de cabelo. Neste caso, a empresa usa uma “inovadora tecnologia de regeneração celular usando as células do próprio paciente para gerar novos folículos capilares”.

Até que as empresas consigam a cura para a calvície, o que ainda pode demorar anos, a alternativa dos calvos tem sido o transplante capilar. Porém ele é caro! Custa de R$ 10 mil a R$ 30 mil por sessão.

Fonte: Só Notícia Boa

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui