STF adia julgamento sobre permissão para presidente bloquear usuários em redes sociais

Cabe ao presidente da corte, ministro Luiz Fux, marcar a data.


0
Foto: STF / Divulgação

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) adiou o julgamento de uma ação que vai decidir se o presidente Jair Bolsonaro pode ou não bloquear usuários de redes sociais.

No sábado (28), o ministro Nunes Marques pediu destaque no plenário virtual. Quando isso acontece, o processo vai para o plenário físico. Agora, cabe ao presidente da corte, ministro Luiz Fux, marcar a data.

A relatora, ministra Cármen Lúcia, votou na sexta-feira (27) para que o presidente não possa bloquear usuários no Twitter. Como é virtual, os ministros têm até o dia 4 de dezembro para apresentar seus votos.

Fonte: CNN

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui