STF autoriza ampliação do Auxílio Brasil em ano eleitoral

Com a determinação, o governo ganha tempo para viabilizar o auxílio de R$ 400 no próximo ano


0
Foto: Valter Campanato / Agência Brasil

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, por unanimidade, que o governo federal pode ampliar o programa Auxílio Brasil em 2022, mesmo sendo ano eleitoral. A Corte já havia formado maioria nesta segunda-feira (22). O último voto foi na manhã desta terça, pelo ministro Kassio Nunes Marques. Com a determinação, o governo ganha tempo para viabilizar o auxílio de R$ 400 no próximo ano. Fonte: Correio do Povo

Filha de Malcom X é encontrada morta nos EUA

Malikah Shabazz, uma das filhas do ativista e líder de um movimento negro Malcolm X, foi encontrada morta em sua casa em Nova York na segunda-feira (23). De acordo com a ABC, a morte não aparenta ser suspeita. Shabazz tinha 56 anos e era uma das seis filhas de Malcolm X. O ativista foi assassinado há 57 anos, na cidade de Nova York. Fonte: G1

Brigadiano mata bandido em tentativa de assalto

Um brigadiano à paisana reagiu a uma tentativa de assalto e matou um bandido, na noite dessa segunda-feira (22), em Porto Alegre. A ocorrência foi registrada por volta das 20h30, no Bairro Passo d’Areia. O militar estava sentado em um banco do parque quando foi abordado por dois homens que andavam em motocicletas, uma vermelha e outra preta. O assalto foi anunciado e um deles sacou uma arma e a apontou para o PM. O oficial, que estava armado, reagiu e matou um dos criminosos. O outro conseguiu fugir. O policial saiu ileso da ação. Fonte: Correio do Povo/LF

Projeto de redistribuição do ICMS tranca pauta da Assembleia Legislativa

O projeto do governo do Rio Grande do Sul que inclui a educação como critério para a distribuição do ICMS aos municípios gaúchos tranca a pauta de votações de hoje na Assembleia Legislativa. Em regime de urgência, a proposta precisa ser analisada antes das demais. Com a mudança, a proposta distribui 17% do ICMS devido aos municípios de acordo com o desempenho na educação. A proposta sofre resistência por parte de alguns municípios, que têm receio de perda de receita com a mudança no indicador. Fonte: Correio do Povo

Vítimas de desabamento de galeria fluvial, em Santa Catarina

Trinta e três pessoas que foram encaminhadas ao hospital após a queda de uma calçada que cedeu em Joinville, no Norte catarinense, na noite de segunda-feira (22), receberam alta. Em nota divulgada na madrugada desta terça-feira (23), a administração municipal informou que nenhuma das vítimas sofreu ferimentos graves. O caso ocorreu durante uma apresentação de Natal e a estrutura que desabou passa sobre uma galeria fluvial. Fonte: G1

BM promove a 1ª edição do Natal das Crianças

A Brigada Militar promove a 1ª edição do Natal das Crianças. A promoção envolve s quarteis da Teutônia, Taquari e Paverama. Podem ser doados brinquedos e doces, que serão distribuídos no dia 20 de dezembro. É o que informa o comandante da BM da Teutônia, Capitão Fábio Bilhar. Serão contempladas crianças residentes em áreas de vulnerabilidade social da microrregião de Teutônia. LF

Motociclista morre ao cair da ponte Rio-Niterói

Um motociclista morreu ao cair da Ponte Rio-Niterói, na manhã desta terça-feira (23), após colidir com um carro na subida do Vão Central, em direção a Niterói. A vítima, de 46 anos, foi retirada do mar com apoio do helicóptero do Corpo de Bombeiros e foi levada para o Hospital Souza Aguiar, no Centro do Rio. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o homem não resistiu aos ferimentos e chegou morto na unidade de saúde. Fonte: G1

Hospital Bruno Born zera internação na Ala Covid pela primeira vez, desde o início da pandemia

O Hospital Bruno Born (HBB) de Lajeado, zerou as internações na Ala Covid, da casa de saúde, na manhã desta terça-feira (23). É a primeira vez, desde o início da pandemia, que não há ninguém internado no setor, formado pela UTI, Internação e Observação. Desde março de 2020, o HBB realizou 13.499, com 1342 internações, sendo 516 na UTI Covid. O tempo médio de internação no setor foi de 9 dias, com uma taxa de letalidade de 35.47%. Fonte: LF

Produção e apresentação: Luís Fernando Wagner
Próxima edição: hoje, às 18h

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui