STJ dá 48 horas para Amazonas informar sobre gastos com pandemia e estoque de oxigênio

Determinação é do vice-presidente do tribunal, ministro Jorge Mussi, e atende a um pedido da PGR.


0
Foto: Marcio James / AFP

O vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Jorge Mussi, determinou nesta terça-feira, que o governo do Amazonas e prefeitos do Estado prestem informações, em até 48 horas, sobre o recebimento e uso de recursos federais para o combate à pandemia da Covid-19. Os gestores também terão de apontar quando tiveram conhecimento do risco de desabastecimento de oxigênio nas unidades de saúde. A decisão foi proferida a pedido do Ministério Público Federal (MPF), no âmbito do inquérito instaurado na corte para apurar supostas fraudes envolvendo a instalação de um hospital de campanha em Manaus. No sábado, dia 16, o procurador-geral da República, Augusto Aras pediu abertura de inquérito no STJ para apurar suposta omissão do governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), e da prefeitura de Manaus quanto à adoção das medidas de combate à Covid-19, especialmente o fornecimento de oxigênio. Fonte: Correio do Povo

Trump deixa Casa Branca e segue para Flórida em dia de posse

O agora ex-presidente americano Donald Trump deixou a Casa Branca às 10h14 desta quarta-feira (20) ao lado da esposa, Melania Trump. Ele agora viajará para a Flórida, onde passa a viver depois de deixar a presidência dos Estados Unidos. O empresário avisou na semana passada que não participaria da cerimônia de posse de Joe Biden, que acontece nesta tarde. O ex-presidente segue para a base militar Andrews, onde vai se encontrar com alguns apoiadores antes de embarcar para o sul dos EUA. É previsto um discurso de Trump nesse local. O republicano deve chegar no começo da tarde em Mar-A-Lago, o resort de alto padrão de sua propriedade. Fonte: R7.com

Brigada Militar recebe 53 novas viaturas semi blindadas para atuarem na Região Metropolitana

A Brigada Militar recebeu 53 viaturas zero quilômetro semi blindadas, tração 4×4, modelo Toyota Hilux, em uma cerimônia realizada na manhã desta quarta-feira no estacionamento do Parque Marinha do Brasil, em Porto Alegre. A solenidade teve as presenças do governador Eduardo Leite e do vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, além do comandante-geral da BM, coronel Rodrigo Mohr. A Secretaria Estadual da Segurança Pública (SSP) planeja também entregar nos próximos meses, pelo menos, outras 123 viaturas semi blindadas, elevando o investimento total para R$ 35,2 milhões. Para a Brigada Militar, a previsão é de ter 103 Renault Duster. Já a Polícia Civil receberá 20 Toyota Hilux. Fonte: Correio do Povo

São Paulo supera a marca de 10 mil vacinados

A vacinação contra a Covid-19 no maior centro urbano brasileiro e também maior epicentro da doença no país avança, com a força tarefa montada pelos governos estadual e municipal. Às 21h desta terça, o painel de contagem de vacinados – batizado de “vacinômetro”, registrava 8.470 vacinadas. Esta manhã, antes das 10h, o número superou a marca dos primeiros 10 mil imunizados: 12.396. O grupos prioritários com acesso a vacina são os profissionais de saúde da linha de frente do combate à covid-19, idosos que vivem em asilos, indígenas e quilombolas, como ratificou o governador João Dória. A imunização de trabalhadores de saúde começou em seis hospitais de referência. Fonte: R7.com

Explosão no centro de Madri

Houve uma explosão em um edifício na região central de Madri nesta quarta-feira (20). Segundo o site do jornal “El País”, a explosão se deu por volta das 3h da tarde (local, 11h de Brasília) e atingiu os três últimos andares de um prédio na Rua de Toledo. A emissora estatal TVE diz que uma residência de idosos próxima ao local é evacuada. De acordo com o canal, não há, ainda, relato de vítima. O edifício onde houve a explosão fica ao lado de uma escola e é possível ver que partes da parede do prédio caíram sobre o pátio do colégio. Não havia aulas presenciais por conta das medidas contra a Covid-19. Fonte: G1

Equipamentos de pesca apreendidos nas represas de Caxias do Sul são destruídos

O Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) de Caxias do Sul destruiu materiais de pesca apreendidos junto às represas de propriedade da autarquia. A Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul (CODECA) utilizou um rolo compressor para inutilizar os instrumentos. Foram destruídas varas de fibra e de bambu, redes, tarrafas, armas brancas, molinetes, carretilhas, linhas de mão e apetrechos típicos de pesca. Para o Diretor-Presidente do Samae, Gilberto Meletti, o ato de destruição dos equipamentos condiz com o trabalho de preservação dos mananciais. “Os itens recolhidos referem-se ao fato de que houve, de forma indevida, a prática de algum ato no em torno das bacias de captação do município, causando riscos significativos ao meio ambiente. A proibição inclusive previne qualquer tipo de acidente, preservando também a integridade das pessoas”, reforça. Fonte: Correio do Povo

Produção e apresentação: Caroline Silva
Próxima edição: hoje, às 18h

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui