Superlotado, Pronto-Socorro do Hospital Universitário de Santa Maria está fechado há cinco dias

Nesta segunda-feira (14), 43 pacientes estavam na unidade, sendo que a capacidade é de 23 pessoas


0
Foto: Arquivo Husm/Divulgação

O Pronto-Socorro do Hospital Universitário de Santa Maria, na Região Central do estado, completa cinco dias sem receber novos pacientes nesta segunda-feira (14). O fechamento era para ser temporário, de apenas dois dias, mas se estendeu por todo o fim de semana.

A medida se dá principalmente pela dificuldade na transferência para outros hospitais ou enfermarias dentro do próprio HUSM. Nesta segunda-feira (14), 43 pacientes estavam na unidade, sendo que a capacidade é de 23 pessoas. Além disso, outras 10 foram colocadas em leitos da sala de emergência.

A Secretaria Estadual da Saúde (SES) informou, por meio de nota, que direciona este tipo de atendimento para o Pronto-Atendimento 24 Horas e o Hospital Casa de Saúde.

A superlotação no Pronto-Socorro do HUSM não é uma novidade. A instituição enfrenta o problema há anos, mas, na quinta-feira (10), a situação se tornou crítica.

Em média, 20 pessoas que buscam o atendimento de forma espontânea deixaram de ser atendidas por dia. Somente são aceitas aqueças que chegam pelo Samu ou via Central de Regulação de Leitos do estado.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui