Suprema Corte americana derruba lei de restrição ao porte de armas de Nova York

A decisão da mais alta corte do país afeta cerca de um quarto da população americana


0
Foto: Reprodução

A Suprema Corte americana decidiu nesta quinta-feira (21) que exigir que as pessoas demonstrem necessidade específica para portar arma, tendo que obter uma licença específica para portar arma em público, viola a Segunda Emenda da Constituição dos Estados Unidos. A votação teve um resultado de 6 votos favoráveis e 3 votos contrários, vencendo a maioria conservadora.

Essa é primeira grande decisão do tribunal sobre armas em mais de uma década no país, quando ficou estabelecido um direito nacional de manter uma arma em casa para autodefesa. A questão que o tribunal enfrentou hoje é sobre o direito de portar uma arma fora de casa.

Nova York havia exigido que qualquer pessoa que solicitasse uma licença de porte de arma oculta apresentasse o que seria de um “razão adequada” para o pedido. Então as cortes do estado de Nova York entenderam que isso poderia significar que alguém precise “demonstrar uma necessidade especial de se defender”, o que entraria em conflito com o direito de defesa de cada cidadão americano.

A decisão de hoje da Suprema Corte afeta cerca de um quarto da população americana, o que deve aumentar o número de pessoas com porte de armas legais nas ruas das maiores cidades do país como Nova York, Los Angeles e Boston.

Fonte: IG Mundo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui