Supremo retoma nesta quinta-feira julgamento que pode confirmar suspeição de Sérgio Moro

Ministros avaliam decisão de Fachin que, ao anular condenações de Lula, declarou perda de objeto de ação sobre parcialidade


0
Foto: STF / Divulgação

O Supremo Tribunal Federal (STF) retoma, na tarde desta quinta-feira (22), o julgamento do último de três recursos envolvendo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) apresentados após a anulação das condenações impostas a ele pela Operação Lava-Jato, em março.

O julgamento é sobre a decisão do ministro Edson Fachin que, ao anular as condenações considerando que a 13ª Vara Federal de Curitiba não era competente para conduzir processos não relacionados aos desvios na Petrobras investigados pela Lava-Jato, declarou também a “perda de objeto” do pedido da defesa de Lula que aponta parcialidade do ex-juiz Sérgio Moro na ação envolvendo o triplex do Guarujá.

Com as condenações de Lula anuladas, não haveria motivo para a manutenção de um processo apontando a parcialidade de Moro, entendeu Fachin.

Fonte: O Sul

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui