Suspeito de ataque em metrô de NY usava máscara de gás e fugiu, diz polícia

Homem teria jogado uma lata de fumaça na plataforma para distrair a multidão, que estava transitando no horário de pico. Cinco pessoas morreram. Polícia realiza buscas


0
Imagem mostra pessoas dentro do metrô de Nova York após tiros (Foto: Reprodução/NY Post)

As autoridades norte-americanas informaram que o suspeito de ser autor do tiroteio em uma estação de metrô em Nova York estava vestindo máscara de gás e colete laranja. Ele é procurado pelas forças de segurança locais. O homem teria jogado uma lata de fumaça na plataforma para distrair a multidão, que estava transitando no horário de pico, por volta das 8h30 local, segundo a emissora americana NBC News.

A polícia está procurando um homem com uma máscara de gás e um colete laranja de construção suspeito de ser o atirador. Dezenas de agentes armados e carros da polícia e do Corpo de Bombeiros estão no local, e vários quarteirões ao redor do a estação estão interditados para o trânsito e passagem de pedestres.

De acordo com relatos, tiros foram ouvidos por volta das 08h30 no horário local dentro da estação, que fica na rua 36 e por onde passam três linhas de metrô D, N e R. Há também relatos de que há bombas dentro da estação, mas o Departamento de Polícia de Nova York afirmou, pelas redes sociais, que já fez uma varredura e não há explosivos ativos no local. Com isso, a polícia descarta risco de explosão.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, foi comunicado sobre o caso e entrou em contato com o prefeito da cidade e com o chefe da polícia para oferecer apoio, segundo a Casa Branca.

Um porta-voz do prefeito da cidade, Eric Adams, se recusou a comentar, pois os relatórios ainda eram preliminares. Adams está isolado após ser diagnosticado com Covid-19. Pelas redes sociais, a governadora de Nova York, Kathy Hochul, disse que está acompanhando a situação junto com os policiais e com a operadora das linhas de metrô.

O Procurador-geral dos Estados Unidos, Merrick Garland, afirmou que está monitorando o caso e já recebeu informações preliminares.

‘Muita fumaça e sangue’O morador da cidade Sam Carcamo contou à Associated Press que viu muita fumaça ao chegar na estação. “A porta do meu vagão abriu no meio da calamidade. Era muita fumaça e sangue, e pessoas gritando”, relatou.

Um passageiro do metrô que estava em outra plataforma da estação logo depois relatou à rede CNN Internacional que viu muitas pessoas no chão e sangrando quando passou pelo local.

Fonte: UOL

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui