Suspeito de ataques a casas de massagem nos EUA planejava ação semelhante na Flórida

Oito pessoas morreram, a maioria mulheres asiáticas, no estado da Geórgia. Autoridades dizem ainda ser cedo para falar que o crime teve motivação racial


0
Robert Aaron Long, de 21 anos, é suspeito de atacar 3 casas de massagem nos EUA (Foto: Cortesia Escritório do Xerife do Condado de Crisp)

O homem suspeito por atacar três casas de massagem na área de Atlanta, no estado da Geórgia, planejava uma ação semelhante na Flórida, disseram as autoridades americanas nesta quarta-feira (17).

Robert Aaron Long, de 21 anos, foi detido e acusado de ser o autor dos disparos que resultaram na morte de oito pessoas.

Long teria confessado o crime e teria contado sobre os planos de repetir a ação em estabelecimentos da Flórida.

Segundo as autoridades policiais, ele teria alguma espécie de distúrbio sexual e ia com frequência a casas de massagem.

eis das oito vítimas eram mulheres de origem asiática, no entanto, policiais da região metropolitana de Atlanta disseram “ainda ser cedo” para confirmar uma motivação racial pelo crime.

O Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Sul informou ter entrado em contato com as autoridades americanas para a possível identificação das vítimas.

Ação seguida

Na terça (16), a polícia recebeu a informação de que tiros foram disparados em uma casa de massagem no condado de Cherokee no final da tarde. Quatro pessoas morreram neste ataque.

Pouco depois, tiroteios em outras duas casas de massagem de Atlanta, que ficam em frente uma da outra, deixaram mais quatro mortos. Apenas uma pessoa continua hospitalizada, mas fora de risco.

Os crimes aconteceram em uma área com cerca de 50 quilômetros de distância entre eles.

As autoridades buscavam pelo suspeito que dirigia uma SUV de cor escura. Imagens capturadas por câmeras de segurança foram divulgadas em redes sociais, o que facilitou a identificação e prisão de Long.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui