Suspeito de estupro pode ter feito 30 mulheres vítimas no Agreste da PB, diz polícia

Pelo menos cinco casos já foram confirmados através de exames genéticos.


0
Foto: Reprodução

Novas informações apresentadas pela Polícia Civil da Paraíba nesta segunda-feira (8) apontam que um homem preso em outubro do ano passado por estupro pode ter feito pelo menos trinta mulheres vítimas em quatro meses. As investigações, com base em exames genéticos, confirmaram que cinco mulheres em Campina Grande e Esperança, na região do Agreste da Paraíba, foram estupradas pelo suspeito.

“Ele tinha o hábito de atuar mais na zona rural e em alguns casos ele conhecia as vítimas”, afirmou a delegada Maira Roberta. O suspeito foi preso acusado de porte ilegal de armas, mas só depois foram descobertos os casos de estupro. Segundo a Polícia Civil, foram instaurados 25 inquéritos, 11 na delegacia da mulher em Campina Grande e 14 na cidade de Esperança, onde ele praticava os estupros. Quatro casos de exames genéticos ainda não foram finalizados.

O preso, de 42 anos, já tinha sido reconhecido por pelo menos 15 mulheres na região. O homem foi preso por moradores na zona rural do município de Esperança no dia 31 de outubro, depois que ele teria tentando estuprar uma idosa, mas foi flagrado por vizinhos. Com ele, os policiais apreenderam uma pistola e uma motocicleta com placas do estado de Pernambuco.

Segundo a polícia, o material genético colhido em uma das mulheres vítimas de violência foi confrontado com outras amostras presentes no banco nacional de perfis genéticos, para que houvesse a confirmação sobre a autoria dos crimes.

“O número de vítimas pode ser maior porque alguns inquéritos têm mais de uma vítima. Em todos os inquéritos as vítimas reconheceram o suspeito. Ele alega que praticava os crimes porque fazia uso de drogas, como arrebite e crack”, explicou Maira.

O suspeito estava sendo procurado pela polícia há mais de três meses e, depois de preso, foi reconhecido por pelo menos 15 mulheres vítimas de estupro em Esperança, Areial, Montadas, Pocinhos, Lagoa Seca, São Sebastião de Lagoa de Roça e Remígio.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui