Suspensão da vacina da AstraZeneca é só ‘precaução’, diz ministro italiano

Roberto Speranza, afirmou hoje que quem já tomou o imunizante não tem razão para se preocupar


0

Em meio à suspensão da vacina anti-Covid da AstraZeneca em diversos países europeus, o ministro da Saúde da Itália, Roberto Speranza, afirmou hoje que quem já tomou o imunizante não tem razão para se preocupar. As restrições à vacina da multinacional anglo-sueca surgiram após o relato de alguns casos de trombose e embolia em pessoas recém-imunizadas. Até agora, não há nenhum elemento que indique uma relação de causa e efeito entre os dois eventos. “Quem já tomou a vacina da AstraZeneca não tem razão para ficar preocupado, essa paralisação é apenas uma precaução.

As vacinas continuam sendo a arma fundamental para sair desses meses difíceis”, declarou Speranza em um evento online promovido pelo jornal Corriere Della Sera. Mais de 15 países da Europa já suspenderam a aplicação da fórmula da AstraZeneca ou pelo menos do lote ABV 2856, com o qual foram vacinadas algumas pessoas que tiveram problemas de coagulação sanguínea. A última nação a anunciar a paralisação é a Suécia. Os países aguardam um posicionamento da Agência Europeia de Medicamentos (EMA), que, no entanto, já reiterou diversas vezes que não há motivo para interromper a vacinação com o imunizante da AstraZeneca.

Fonte: Notícias.Uol


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui