Temperaturas negativas atrapalham busca por sobreviventes de tornados nos EUA

Segundo o último balanço de vítimas, ao menos 88 pessoas morreram em toda a região atingida


0
Foto: Satellite imagem

Três dias após a passagem dos devastadores tornados por seis estados americanos, os serviços de resgate correm contra o relógio na busca por sobreviventes. Sob temperaturas negativas, uma grande força-tarefa com a ajuda de voluntários tenta limpar e reconstruir as áreas atingidas. O presidente americano, Joe Biden, deve visitar a região na quarta-feira (15). Segundo o último balanço de vítimas, ao menos 88 pessoas morreram em toda a região atingida. Apenas no estado do Kentucky, foram 74 mortos, mas 110 moradores continuam desaparecidos.

À medida que o tempo vai passando, fica cada vez mais difícil encontrar sobreviventes. A poucos dias do início do inverno, faz muito frio na região, que enfrenta também temperaturas negativas. As cidades mais atingidas não têm nem energia, nem água e as equipes de resgate são insuficientes para tanto trabalho e devastação.

Segundo as autoridades locais, a reconstrução pode levar anos. Ao menos mil residências foram danificadas ou completamente destruídas só no estado do Kentucky. O governador do Kentucky, Andy Besher, disse que pode demorar uma semana ou até mais para que o número exato de mortos seja confirmado.

Várias vítimas ainda não puderam ser identificadas. Muito emocionado, ele declarou que as idades das vítimas variam até o momento de cinco meses a 86 anos.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui