Tempo ser aliado do Grêmio para retomar o alto nível

Renato muda o discurso e admite que há rumos a serem corrigidos até a final da Copa do Brasil.


0
Foto: Lucas Uebel / Divulgação

O Grêmio está a 23 dias do primeiro jogo contra o Palmeiras na decisão da Copa do Brasil. Um período de tempo considerado satisfatório para um time que precisa reencontrar seu melhor futebol, voltar a vencer e retomar a confiança antes do principal desafio da temporada.

Renato Portaluppi, que desagradou grande parte da torcida com um discurso que não refletia a realidade da equipe dentro de campo, mudou a postura. Depois do empate em 3 a 3 com o Santos, na quarta-feira, o treinador deixou de lado frases como “está tudo certo no Grêmio” para adotar o “precisamos melhorar”.

O desempenho diante do Santos foi animador, ao menos em parte do jogo. Renato fez Jean Pyerre jogar mais adiantado, próximo dos atacantes, e Pepê teve liberdade para flutuar no setor ofensivo, não se limitando a ficar no lado esquerdo. O problema recorrente é não conseguir manter o rendimento em um nível elevado na maior parte dos 90 minutos em uma partida. “O que eu mais bato na tecla com o grupo é isso, focar nos 90 minutos. Esse tema precisamos melhorar”, afirma Renato. Houve evolução na comparação com jogos recentes. Mas ainda é pouco para quem objetiva o título da Copa do Brasil. “Eu sei onde estamos errando, converso sempre com os jogadores, a gente vem treinando para corrigir. Sem dúvidas precisamos melhorar para a final da Copa do Brasil”, admite o treinador.

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui