Temporal da noite do sábado causa uma morte, derruba árvores, postes e destelha casas no Vale do Taquari  

Em Lajeado, a falta de luz ainda implica no abastecimento de água.


1
Foto: Bombeiros / Divulgação
Foto: BM / Divulgação

A tempestade, com chuva e vendaval, registrada por volta das 20h deste sábado (5), deixou um saldo de árvores e postes de luz caídos em vários municípios da região e uma pessoa morta, em Cruzeiro do Sul. Conforme registro na Delegacia de Polícia de Lajeado, Sandro Higino da Silva (44), foi encontrado às 22h30, caído na frente de seu carro, que estava parado na Rua Albino Fleck, no Bairro Vila Italiana. Nas proximidades do corpo, havia fiação elétrica energizada, derrubada pela queda de uma árvore. A suspeita é de que o morador de Cruzeiro do Sul entrou em contato com a fiação e sofreu uma descarga elétrica.

 

Foto: Bombeiros Lajeado / Divulgação

Em Lajeado, os Bombeiros precisaram reforçar o efetivo com mais oito soldados para atender a demanda de ocorrências em função do temporal. Foram 15 atendimentos, entre casas destelhadas e queda de árvores. Em Lajeado, a falta de luz ainda implica no abastecimento de água. Desde às 20h de sábado (5), o 6º recalque da Corsan, na Rua João Avelino Maria, no Bairro Conservas, está sem energia elétrica. O transtorno interfere no abastecimento de água na manhã deste domingo (6) nos Bairros Santo Antônio, Jardim do Cedro, Morro 25, Nações, Floresta, Conservas e na localidade do Passo de Estrela. De acordo com o gerente da Corsan em Lajeado, Alexander Paccico, já foi aberto um protocolo junto a concessionária RGE para resolver o problema.

 

O Corpo de Bombeiros de Estrela atendeu seis chamados de queda de árvores ao longo da noite deste sábado (5). A vegetação não resistiu à força dos ventos às margens da BR-386, nos bairros das Indústrias e São José, em Estrela, e na altura da localidade de Saibreira, em Bom Retiro do Sul. Também foram removidas árvores na Linha Lenz e na Rua Soledade, no Bairro Moinhos.

VIa Lactea com queda de árvores (Foto: Redes sociais / Reprodução)

O Corpo de Bombeiros Voluntários Imicol, atendeu chamados para desobstruir ruas dos perímetros urbano e rural nos municípios de Colinas e Imigrante. Diversas ruas precisaram ser desobstruídas. Apenas a estrada de Linha Santo Antônio em Colinas, permanece em meia pista na manhã deste domingo (6), em função da queda da fiação elétrica. Já em Teutônia, houve rompimento de fios condutores de energia elétrica no acesso à Lagoa da Harmonia. Na área urbana, uma árvore caiu sobre a pista, na Via Láctea, imediações do Centro Administrativo, interrompendo a ligação entre os bairros Languiru e Alesgut, e outra árvore desabou sobre a Avenida Um Leste.

A subestação da Certel Energia em Canudos do Vale também foi afetada pela força da ventania. Os estragos prejudicam o fornecimento de energia elétrica nos municípios de Canudos do Vale, Progresso, Marques de Souza, Pouso Novo, Sério, Boqueirão do Leão, Gramado Xavier, Santa Clara do Sul, Lajeado e parte dos bairros Canabarro e Centro Administrativo, em Teutônia, atingindo cerca de 25 mil pessoas. As equipes estão mobilizadas para restabelecer o fornecimento energético, que até o início da manhã deste domingo (6), já havia voltado para cerca de 20 mil clientes.

Em Venâncio Aires, no Vale do Rio Pardo, o Corpo de Bombeiros efetuou a poda e remoção de árvores com risco de cair sobre uma residência. A guarnição também deu apoio ao quartel de Santa Cruz do Sul, na localidade de Monte Alverne, onde foi efetuada a cobertura da casa paroquial da Igreja Católica que foi destelhada pelos fortes ventos da noite de sábado (5). LF

1 comentário

  1. Isso tudo é resultado do que estamos fazendo com a natureza, o desmatamento está aumentando a cada ano e agora esse crime é apoiado por esse governo capitalista onde estão passando a boiada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui