Temporal em Petrópolis completa um mês com quatro desaparecidos e 685 pessoas em abrigos

Tragédia tirou a vida de 233 pessoas na região serrana do Estado do Rio de Janeiro


0
Foto: Tânia Rêgo / Agência Brasil

Ao completar um mês da tragédia que tirou a vida de 233 pessoas e deixou quatro desaparecidos em Petrópolis, na região serrana do Estado do Rio de Janeiro, alguns problemas seguem sem solução. O maior deles é onde acomodar as centenas de pessoas que perderam suas casas ou tiveram que sair do imóvel, com risco de desabamento, após a enxurrada que abalou o município na tarde de 15 de fevereiro.

Segundo o último balanço da prefeitura, são 685 pessoas em abrigos, a maioria em igrejas e escolas. Outras estão provisoriamente em casas de parentes. A maioria espera a concessão do aluguel social para conseguir novo lugar para morar, mas o processo está muito lento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui