Terça-feira começa com aumento na tarifa do transporte urbano de Lajeado

O preço da passagem passa de R$ 3,90 para R$ 4,50 pelo prazo de seis meses


0
Passagem passou de R$ 3,90 para R$ 4,50, o que gera um aumento de 15,38% pelo prazo de seis meses (Foto: Caroline Silva)

Junho começou com aumento em Lajeado. Quem já está sentindo no bolso a partir desta terça-feira (1º) são os usuários do transporte urbano do município, já que a passagem passou de R$ 3,90 para R$ 4,50, o que gera um aumento de 15,38% pelo prazo de seis meses.

Moradora do Bairro Jardim do Cedro Clarice Wais Schimit (Foto: Caroline Silva)

No entanto, como já era esperado, este acréscimo não foi bem-vindo pela população que utiliza o transporte coletivo, como é o caso da moradora do Bairro Jardim do Cedro Clarice Wais Schimit, que faz uso do ônibus para trabalhar.

Ela reclama do pouco horário de linhas. “É um absurdo, qualquer empresa é melhor que essa. O ônibus vem atrasado, não tem muitos horários, nos sábados à tarde quase nem tem, e quando não tem o jeito é pegar Uber”, conta.

Auxiliar de limpeza Meri Eckart (Foto: Caroline Silva)

Relato não muito diferente da auxiliar de limpeza Meri Eckart, que percebe grandes mudanças da empresa atual que administra o transporte na cidade, Expresso Azul, para a antiga, Ereno Dörr.

“Não recebo esse aumento de forma positiva. Desde que mudou a empresa de ônibus, há poucos coletivos e poucos horários, acho muito pesado o aumento de R$ 0,60 de uma vez só”, comenta.

Transporte coletivo afetado

O prefeito Marcelo Caumo explica que o aumento precisou ocorrer devido os impactos gerados pela pandemia da Covid-19 que atingiram a empresa Expresso Azul. Ele comenta que o acréscimo é importante para garantir a continuidade do serviço no município. “A pandemia interferiu em diversos serviços, dentre eles o transporte coletivo, que desde a licitação está operando com 40% do público projetado na própria licitação. O aumento é fundamental para que a gente siga tendo o transporte a serviço da população”, ressalta.

Usuários reclamam do tempo de espera nas pontos de ônibus (Foto: Caroline Silva)

Subsídio de R$ 0,50

O Executivo municipal a concedeu a empresa Expresso Azul o subsídio de R$ 0,50 por passagem, durante seis meses, o que custará para os cofres da prefeitura o valor de R$ 271.861,20. Se não fosse isso, o reajuste da tarifa ficaria em R$ 5.

Texto: Caroline Silva
jornalismo@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui