Testes com vacina de Covid-19 da Johnson & Johnson’s são pausados após doença de participante

Confira as informações do programa Correspondente Independente das 8h.


0
Foto: Divulgação

O estudo com a vacina contra Covid-19 desenvolvida pela Johnson & Johnson’s foi pausado devido a uma doença inexplicada em um participante, informou a companhia nesta segunda-feira (12). Segundo um documento enviado a pesquisadores externos que executam o ensaio clínico com 60 mil pacientes, uma “pausa regulamentar” será cumprida. O sistema online usado para inscrever pacientes no estudo foi fechado, e foi convocado o conselho de monitoramento de dados e segurança – um órgão independente que zela pela segurança dos pacientes no ensaio clínico. Fonte: G1

Disparo de WhatsApp na eleição pode ser punido por nova lei de proteção de dados; TSE diz que ainda não recebeu nenhuma denúncia

Candidatos que dispararem Whatsapp e SMS sem autorização explícita dos usuários nas eleições estão sujeitos à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), em vigor desde setembro deste ano. A intenção da lei é garantir segurança e transparência às informações pessoais dos cidadãos. A LGPD define uma série de normas para a utilização de dados pessoais – aqueles que podem identificar alguém, como nome, CPF e número de telefone, entre outros. Fonte: G1

Mais de 53 mil veículos já retornaram do litoral pela freeway

O fluxo lento da BR 290 foi um problema aos motoristas que decidiram deixar o Litoral Norte gaúcho e catarinense na noite desta segunda-feira em direção de Porto Alegre. Até as 20h, a CCR Viasul, concessionária que administra a via, já contabilizava ao menos 53 mil veículos transitando na mesma direção. Segundo a concessionária, não foi apenas o período da noite que concentrou um grande volume de carros nas vias e acostamento da BR 290. O início da tarde também foi de fluxo intenso e congestionamento de até 10 quilômetros naquele período. No entanto, a concessionária monitorava apenas pontos isolados de lentidão no período da noite. Não havia uma estimativa oficial de carros que utilizariam a rodovia ao longo da terça-feira, no retorno do feriadão. Fonte: Correio do Povo

Testes com vacina de Covid-19 da Johnson & Johnson’s são pausados após doença de participante

O candidato a vice-prefeito de Estrela, Paulo Fink, o Paulinho Caniggia (PP), está internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Estrela, após ser infectado pela Covid-19. Caniggia compõe a chapa Continuar Avançando, encabeçada pelo Comandante César (MDB), desde que deixou o cargo de secretário municipal de Planejamento e Desenvolvimento Econômico, na atual gestão. Conforme boletim médico, seu estado de saúde é estável. O candidato a prefeito Comandante César, realiza testes periódicos para o novo corona´virus. Todos apresentaram resultado negativo. AI/LF.

Mortes diárias por Covid-19 voltam ao patamar de maio, mas OMS teme novos picos

A pandemia do novo coronavírus desacelerou no Brasil nos últimos três meses, segundo informações oficiais dos governos estaduais compiladas pela CNN. Um dos principais referenciais para medir a evolução da pandemia, a chamada média móvel, média de registros de um período de sete dias, vem indicando um patamar de 31% menos casos e 42% menos mortes diárias. As mortes voltaram ao nível de maio, abaixo das 600 por dia, e os casos ao nível de junho, na casa dos 25 mil. No entanto, os patamares da pandemia no Brasil, como observou a Organização Mundial da Saúde (OMS), ainda seguem altos. Apesar de celebrar que o Brasil mostra números “estabilizando ou recuando”, o diretor-executivo da OMS, Michael Ryan, afirmou que os patamares “seguem altos” e disse temer um novo pico mais para frente. Fonte: CNN

Prisão em segunda instância pode ser discutida novamente na Câmara dos Deputados

Deputados anunciaram que vão entregar ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), um novo requerimento para retomar a comissão que discute a possibilidade de prisão após condenação em segunda instância. O tema consta em uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que estava sendo analisada por uma comissão especial. Os trabalhos foram suspensos em razão da pandemia da Covid-19 e, por isso, o debate está paralisado desde março. A discussão voltou à tona diante da soltura de André do Rap. Fonte: G1

Mapa definitivo mantém três regiões em bandeira amarela no Rio Grande do Sul

Depois de três meses com rígidas restrições à circulação de pessoas, o modelo do Distanciamento Controlado volta a permitir as medidas mais brandas previstas no sistema de bandeiras criado pelo governo do RS. O mapa definitivo foi divulgado nesta segunda-feira após análise do Gabinete de Crise do único pedido de reconsideração à classificação preliminar, que foi indeferido. A partir desta terça-feira até a próxima segunda, as regiões Covid de Bagé, Palmeira das Missões e Pelotas, as únicas a apresentarem risco epidemiológico baixo, poderão adotar os protocolos de bandeira amarela. Fonte: Correio do Povo

Produção e apresentação: Júlio César Lenhard
Próxima edição: Hoje ao meio-dia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui