Teutônia promove ação para doação de alimentos para público em vulnerabilidade social

Projeto contou com a elaboração de 47 kits que totalizaram 343 quilos de alimentos doados às famílias locais


0
Foto: Divulgação

Valorizar o trabalho dos agricultores familiares e levar alimento de qualidade para famílias em vulnerabilidade social. Este foi um dos objetivos da Ação Social Para Doação de Alimentos, promovida pela Emater/RS-Ascar, Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) e Prefeitura de Teutônia, na tarde de quarta-feira (28). Por meio do projeto, as cooperativas Sicredi, Cresol e Sicoob adquiriram alimentos produzidos pela Associação dos Produtores Rurais e Agroindústrias de Teutônia, com entrega simultânea como forma de suplementar a alimentação das famílias atendidas pelo Centro de Referência da Assistência Social (Cras) local.

Semelhante ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) – política pública do Governo Federal -, o projeto contou com a elaboração de 47 kits que totalizaram 343 quilos de alimentos doados às famílias locais. O investimento total foi de R$ 2.550. Cada cesta contou com aipim, feijão, queijo, ovos, linguiça, cuca e bolacha, além de frutas e hortaliças, como bergamotas e laranjas, beterraba, tomate, brócolis e rúcula. “A intenção geral foi a de promover o desenvolvimento da economia local e melhorar a qualidade de vida da população vulnerável”, destaca a extensionista Social da Emater/RS-Ascar Ana Cândida Jordani Barth.

Para os produtores, participar do projeto também é uma forma a mais de, não apenas dar visibilidade para o trabalho do homem do campo – especialmente no Dia do Agricultor -, mas também de contar com uma forma a mais de escoar a produção. Presidente da Associação, a agricultora Cátia Deuner reforçou o empenho de todos na consolidação do projeto. “Para nós é gratificante saber que estamos entregando às famílias necessitadas um alimento de qualidade, especialmente em um contexto de pandemia”, salientou.

Aliás, a pandemia em si foi o ponto de partida para que o projeto, efetivamente, saísse do papel. “Essa é a maior emergência de Saúde Pública que o nosso País enfrenta em décadas”, recorda Ana Cândida, lembrando que a desigualdade social também aumentou no último ano, de acordo com levantamento feito pela Organização das Nações Unidas (ONU). “Nesse sentido, criar redes de suporte entre instituições, entidades e outros setores, tem sido uma forma de enfrentar a crise e de amenizar os seus efeitos”, avalia a extensionista.

Este projeto se junta a outras políticas públicas que já são aplicadas no município, caso do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), que é operacionalizado com o apoio da Emater/RS-Ascar em parceria com a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Desenvolvolvimento Rural (Seapdr) do Governo do Estado. “Todos essas articulações ofertar produtos frescos de qualidade e em boa quantidade, que garantam a segurança e a soberania alimentar dos beneficiados”, destacou a vice-prefeita de Teutônia Aline Kohl.

Além da campanha para a doação de alimentos, o município aproveitou o ato realizado junto à Prefeitura para realizar à entrega de roupas e calçados que foram obtidos por meio de doações. Outras lideranças também participaram do encontro, caso da presidente do STR Liane Brackamnn, da secretária de Agricultura e Meio Ambiente de Teutônia Lídia Dhein e de representantes do Cras, das cooperativas envolvidas e de outras secretarias. O município estuda repetir a ação nos próximos meses, com o envolvimento de outras entidades e instituições. AI/RC

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui