Tiger Woods não corre risco de morte e estava consciente no momento do resgate

Xerife explicou que a região em que o golfista dirigia era "bem ingrime e fácil de pegar velocidade".


0
Foto: Reprodução / Twitter

Segundo a polícia de Los Angeles, Tiger Woods não corre risco de morte após um grave acidente de carro na região. O golfista está internado em um hospital da cidade e passa por cirurgia após múltiplas fraturas nas pernas. De acordo com as infomações oficiais, Woods estava consciente durante o processo de resgate.

As autoridades também desmentiram a versão que Tiger teria sido resgatado com um guindaste, popularmente chamado de “as mandíbulas da vida”. Woods estava, inclusive, falando durante todo o processo de socorro e ciente do que havia acontecido.

A rede de notícias norte-americana TMZ afirmou que o golfista estava consciente a ponto de pedir aos socorristas que entrassem em contato com seu agente, Mark Steinberg, para que ele pudesse recolher seus itens pessoais que estavam no carro. Em entrevista à emissora CBS, Steinberg confirmou a cirurgia de Woods e agradeceu o apoio dos amigos e fãs.

O xerife Michael White, responsável pelo caso, afirmou que a região em que Woods dirigia era “bem ingrime e fácil de pegar velocidade”. No entanto, a polícia ainda não pode afirmar a causa do acidente. Durante a perícia, nada de ilícito foi encontrado no carro do golfista.

Fonte: Globo Esporte

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui