Time de futebol doa 1,2 mil litros de suco para funcionários do HBB, em Lajeado

Longe dos gramados, atletas do veterano e master da Lavanderia Campestre, fizeram um gol fora das quatro linhas com ação realizada na manhã desta sexta-feira (12)


2
Ação realizada por atletas do veterano e master do clube Lavanderia Campestre (Foto: Gabriela Hautrive)

Sem poder praticar futebol por conta da classificação de bandeira preta no Rio Grande do Sul, os atletas do veterano e master do clube Lavanderia Campestre, promoveram uma jogada coletiva fora das quatro linhas. Na manhã desta sexta-feira (12) eles foram até o Hospital Bruno Born (HBB), em Lajeado, para entregar 1,2 mil litros de suco de laranja natural da marca Petry para os funcionários da casa de saúde. Conforme o presidente do clube, Rui Pedro Horn, a iniciativa começou em abril de 2020 quando foi feita a primeira doação ao hospital, com repasse de 818 litros de água sanitária, para enfrentamento da pandemia causada pela Covid-19.  “Desde aquela época nós instituímos que todos os anos vamos fazer uma ação social voltada para instituições”, conta.


OUÇA A REPORTAGEM 


Para 2021, já havia um projeto para ser lançado na abertura da temporada, porém, com o agravamento da pandemia, os planos sofreram alterações. Além disso, um integrante do time contraiu coronavírus e precisou de atendimento no HBB, o que motivou atletas e diretoria a promover uma ação solidária. Através de relatos do amigo, puderam conhecer um pouco melhor da rotina dentro da casa de saúde e as dificuldades que passam os profissionais da linha de frente no combate a pandemia. “Ele disse que estava muito satisfeito com o atendimento que estava recebendo do Hospital Bruno Born, que os profissionais estavam cansados, exaustos, mas que em nenhum momento eles desanimavam”.

Diretoria do time Lavanderia e nutricionistas do HBB (Foto: Gabriela Hautrive)
 Ação foi realizada na manhã desta sexta-feira (12) (Foto: Gabriela Hautrive)
Ação foi realizada na manhã desta sexta-feira (12) (Foto: Gabriela Hautrive)

O relato foi determinante para que o clube, em parceria com o Sucos Petry, fizesse a doação das bebidas. A empresa já fornece sucos para o hospital, que inclusive são oferecidos a pacientes em tratamento da Covid-19. Já os funcionários, recebem água para acompanhar as 550 refeições diárias servidas no local . “Nossa ideia foi proporcionar ânimo para o quadro de funcionários. Então resolvemos trazer o suco.

 

Começamos uma arrecadação e superamos a meta inicial que era de 800 litros, entregando 1,2 litros do suco natural”, explica. A nutricionista do hospital, responsável pela coordenação dos trabalhos que envolvem alimentação, Cleide Eunice Giovanella, relata que além do cansaço físico dos profissionais, existe o esgotamento emocional, então esses momentos são gratificantes.

“Vemos que algumas pessoas também olham para quem está cuidando de outros. Nós cuidamos das pessoas e tem outras que cuidam da gente”. O suco, para alguns é uma simples bebida, mas para os profissionais teve um significado maior, segundo Cleide. “Uma forma de abraço, já que não podemos ter o contato físico, essa é nossa mensagem que fica em agradecimento”, conclui. O clube Lavandeira surgiu nos anos 80 e completa 41 anos em 2021. Um dos fundadores, Paulo Francisco Conrad, reforça o papel social que a entidade possui, ultrapassando ações esportivas. “Fico muito feliz em ver essa história, dentro e fora do campo, colaborando e ajudando as comunidades”.


OUÇA O RELATO DE OUTROS MEMBROS DO CLUBE


Doação de pisos ao HBB

Nesta semana o Hospital Bruno Born também recebeu uma doação de pisos porcelanato feita pela Construtora Zagonel em nome do proprietário da empresa, José Zagonel. Os 861 metros² do material serão utilizados na reformulação do setor de emergência da casa de saúde. A entrega ocorreu nos fundos no acesso pelo estacionamento do HBB, por volta das 11h de quarta-feira (10).

Texto: Gabriela Hautrive
reportagem@independente.com.br

2 Comentários

  1. Gostei da sua publicação e conseguir tirar algumas dúvidas
    que eu tinha e não sabia ao certo onde procurar para
    poder esclarecer. Também possuo um site gratuito de
    utilidade pública e gostaria que você conhecesse. E quem
    sabe até trocarmos experiências sobre SEO ou marketing
    digital em nosso segmento. Agradeço à atenção e que
    Deus nos abençoe.

  2. Só aplausos ,pessoas com essas atitudes,com certeza a colheita deles será gratificante,ao ver o que estão plantando, PARABÉNS.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui