Tolima x Internacional: Colorado quer coroar “jornada” à Colômbia com vitória no jogo de ida da 3ª fase da Libertadores

Time de Edurdo Coudet encarou mais de 7 mil quilômetros até Ibagué, local da partida desta noite.


0
Foto: Divulgação/SC Internacional

O Inter fracassou no mais duro teste que teve até agora na temporada. Caiu diante do Grêmio, no sábado, em partida que valia a vaga na decisão do primeiro turno do Gauchão. Porém, como os próprios jogadores gostam de repetir, o futebol não concede tempo para lamentações ou comemorações exageradas. Dois dias após o tropeço diante do mais tradicional rival, a delegação colorada embarcou para a distante Ibagué, no interior da Colômbia, onde nesta quarta-feira enfrenta o Tolima pela última fase da pré-Libertadores da América, às 21h30min. O jogo de volta ocorre na próxima quarta-feira, desta vez em Porto Alegre.

O Inter chegou a Ibagué somente ontem à tarde, quase um dia depois de decolar do aeroporto Salgado Filho. Na chegada à cidade colombiana, os jogadores relataram cansaço e alguns sustos, principalmente no trecho final do trajeto, realizado em ônibus em uma sinuosa estrada entre Bogotá e Ibagué. Foram necessárias quase quatro horas de viagem para cumprir um percurso de apenas 200 quilômetros. No total, 7 mil quilômetros de distância da capital dos gaúchos.


Copa Libertadores da América – 3ª fase

Deportes Tolima x Internacional

Quarta-feira (19) – 21h30

Estádio Manuel Murillo Toro


Cobertura completa pelo rádio

Tropical FM 103,7

Independente AM 950 e FM 91.7

Pelo site da Rádio Independente

Pelo Facebook da Rádio Independente

Escalações

Internacional: Marcelo Lomba; Rodinei, Bruno Fuchs, Victor Cuesta e Moisés (Uendel); Musto, R. Lindoso, Edenilson e Boschilia; D’Alessandro e Paolo Guerrero

Técnico: Eduardo Coudet

Deportes Tolima: Montero; Castrillón, Quiñones, José Moya e Banguero; Carlos Robles, Gordillo, Estupiñan e Campaz; Albornoz e Rodríguez

Técnico: Hernán Torres

Arbitragem: Roberto Tobar (CHI)


Check List do confronto

O clima é de confiança. Designado para conceder a entrevista coletiva já na Colômbia, D’Alessandro disse que o time não esqueceu a derrota no Gre-Nal. Afirmou que serão tiradas do tropeço as lições necessárias para a evolução da equipe, que ainda não completou dois meses sob o comando de Eduardo Coudet. “Deixamos para trás (a derrota no Gre-Nal). Afinal, era assim que tinha que ser. Deixamos de lado o que aconteceu no sábado, sem esquecer, porque é impossível. Mas precisamos focar na Libertadores. Sabemos que o Tolima é um time forte em casa, um time de jogadores novos, rápidos e inteligentes”, afirmou o capitão colorado, que conclui: “Temos que tomar algumas precauções para não sofrer”.

O que prega D’Alessandro é cuidado para não perder em Ibagué. Claro que o ideal seria a vitória, mas um empate, igual ao trazido pelo Inter de Santiago, na fase anterior, quando eliminou a Universidad de Chile, é considerado um resultado muito satisfatório. A única dúvida na equipe é na lateral esquerda, onde Moisés segue com dores. Uendel é a alternativa para o lugar.

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui