Tomate: o novo e o velho mundo se encontram

No quadro "Direto do Ponto" desta sexta-feira, o médico e culinarista Marcos Frank fala sobre a história do tomate e explica como fazer uma massa ao sugo.


0
Imagem Ilustrativa (Foto: Divulgação)

A primeira vista parece que molhos e tomates acompanham a culinária italiana desde tempos imemoriais.

Nada mais falso, o tomate de cuja família fazem também parte as berinjelas, as pimentas e os pimentões voltaram do novo mundo junto com as embarcações de Colombo.

Junto com as caravelas já vieram algumas receitas. O franciscano Bernardino de Sahagún, que havia vindo à Nova Espanha em 1526, fala de um molho deste tipo: “As mulheres nativas preparam seus molhos desta maneira: aij (pimenta), pepitas (sementes de abóbora), tomati (este é o nome das tomas asteca, deixado em muitas línguas européias), pimentões verdes (pimentas verdes picantes) e outras coisas que fazem molhos muito saborosos “.


ouça o comentário 

 


 

Em 1544 Pietro Andrea Mattioli, um médico italiano e botânico sugeriu que um novo tipo de berinjela tinha sido trazido para a Itália que era vermelho sangue ou cor dourada quando maduro e poderia ser dividido em segmentos e comido como uma berinjela, isto é, preparado e temperado com sal, pimenta preta e óleo.

Ocorre que o tomate ao contrario do pimentão enfrentou muita resistência na mesa europeia e só dois séculos mais tarde começa a aparecer nas receitas napolitanas, primeiro como um acompanhamento para carnes e peixes e só mais tarde quase no século XX, como molho de massas e também como parte das pizzas.

A receita que ensino é rápida e básica e serve como base para alguns dos melhores molhos que a criatividade italiana criou. Mas lembre quando visitar a Itália que aquele delicioso fruto vermelho na verdade foi testado e aprovado nos “pueblos” mexicanos muito antes da chegada de Colombo.

MASSA AO SUGO

Ingredientes para 6 pessoas

  • 2 latas de tomate italianos (pelatti);
  • 2 colheres de sopa de manteiga;
  • Sal e pimenta a gosto;
  • ½ cebola descascada, mas não picada;
  • 500 g de massa da sua preferência.

Modo de preparar:

Coloque os tomates, a manteiga e a ½ cebola na panela e cozinhe sobre fogo baixo até o molho de tomate se separar da manteiga. Retire do fogo, descarte a cebola e sirva sobre a massa.

*Frank posta suas receitas na página no Instagram hungryp2020.

Médico e culinarista Marcos Frank (Foto: Reprodução / Facebook)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui