Torneios de futebol são suspensos na Argentina por nova onda de Covid-19

Confira as informações do programa Correspondente Independente do meio-dia


0
Devido a nova onda de Covid-19 na Argentina, River Plate teve 20 jogadores contaminados pelo coronavírus e teve que atuar na Libertadores com um jogador de linha no gol (Foto: Juan Ignacio Roncoroni / AFP)

A Associação de Futebol da Argentina (AFA) suspendeu nesta sexta-feira todos os torneios de futebol profissional por conta do confinamento de nove dias decretado pelo governo para combater a nova onda de contágios por Covid-19 no pais. Com isso, as semifinais e final da Liga da Copa, marcadas para o final de semana, foram adiadas. Ainda não há uma definição de quando as partidas da semi e mais a final serão disputadas. O país, que se prepara para receber a Copa América, atravessa o momento mais grave da pandemia, com um registro diário de cerca de 35 mil casos e 450 mortos. Correio do Povo

Prova de vida do INSS volta a ser obrigatória em junho

Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) terão que voltar a fazer prova de vida para não terem seus benefícios bloqueados. Com a obrigatoriedade suspensa desde março do ano passado, por conta da pandemia, as provas de vida serão retomadas a partir de junho. A novidade é a possibilidade de realizar a prova de vida usando apenas um aplicativo, o meu gov.br e não mais dois aplicativos, como era antes, incluindo o Meu INSS. O Meu INSS deve ser usado pelo segurado para acompanhar o resultado da prova de vida após realizar o procedimento. Para realizá-la, o segurado deve receber uma mensagem de texto ou e-mail fazendo a convocação. O usuário precisa ter biometria cadastrada na Justiça Eleitoral ou no Departamento de Trânsito (Detran), além de um celular com câmera fotográfica. G1

Com cheia severa, barcos atracados no centro já alcançam o nível da calçada em Manaus

O nível do Rio Negro está tão alto, que os barcos que atracam na zona central de Manaus já alcançam a altura da calçada. A cheia de 2021 está bem perto de atingir o recorde: nesta sexta-feira (21), a água chegou a 29,84 metros, a apenas 13 centímetros da marca histórica de 2012, quando bateu 29,97 metros. No Amazonas, 58 dos 62 municípios do estado já enfrentam problemas causados pela cheia dos rios, segundo informou a Defesa Civil. O total de pessoas afetadas em todo estado passa de 414 mil. Algumas ruas do centro de Manaus já foram interditadas. Pelo menos 15 bairros da cidade têm pontos alagados e cerca de 24 mil pessoas sofrem com a cheia do rio Negro na capital. G1

Espanha libera entrada de vacinados contra Covid a partir de 7 de junho

A Espanha anunciou nesta sexta-feira (21) que permitirá a entrada em seu território de qualquer pessoa vacinada contra a Covid-19, independentemente do país de procedência, a partir de 7 de junho. O anúncio foi feito pelo primeiro-ministro Pedro Sánchez. O chefe do governo espanhol disse que, a partir de segunda-feira (24), o país liberará a entrada de britânicos “sem restrições e sem exigências sanitárias”. Eles representavam o maior número de turistas estrangeiros antes da pandemia (foram 18 milhões em 2019) e atualmente só podem ingressar na Espanha em casos de urgência.O governo espanhol também retirou restrições às chegadas do Japão. Viajantes de oito países, como Austrália, China e Israel, já estão autorizados a entrar no território para viagens não essenciais. G1

Melo celebra reabertura parcial, mas avisa que Porto Alegre terá “teste de fogo” no final de semana

O prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo, comemorou a reabertura parcial da cidade a partir de um decreto publicado durante a semana, em meio a um cenário que ele considera de estabilidade da situação epidemiológica da Covid-19. Em entrevista, porém, ele disse que a fiscalização será fundamental nos próximos dias. Na avaliação do gestor, a Capital passará por um “teste de fogo” neste final de semana para ver o cumprimento das regras estabelecidas para as flexibilizações. Correio do Povo

FHC e Lula se encontram em São Paulo

Os ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e Lula (PT) se encontraram na semana passada em São Paulo, durante um almoço da casa do ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Nelson Jobim. Os dois ex-presidentes não se encontravam pessoalmente desde 2017, quando FHC visitou Lula no hospital, na ocasião em que o petista tinha acabado de perder a esposa, dona Marisa Letícia. A foto do encontro foi postada nesta sexta-feira (21) nas redes sociais de Lula, que disse ter tido “uma longa conversa sobre o Brasil, sobre nossa democracia, e o descaso do governo Bolsonaro no enfrentamento da pandemia” com o tucano. G1

Produção e apresentação: Caroline Silva
Próxima edição: hoje, às 18h.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui