Foto: Divulgação

A segurança do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) será reforçada a partir de hoje para o julgamento da Ação de Investigação Judicial Eleitoral, que pede a cassação da chapa presidencial Dilma Rousseff e Michel Temer, reeleita em 2014, por suposto abuso de poder político e econômico.

De acordo com o presidente da Corte Eleitoral, ministro Gilmar Mendes, serão quatro sessões plenárias exclusivas, a de hoje, às 19h; amanhã, às 9h; e duas na quarta-feira, às 9h e às 19h.

Por causa do julgamento, considerado um dos maiores dos últimos anos na Justiça Eleitoral, a direção do TSE prevê que um grande número de pessoas circule pelo prédio do tribunal nos três dias de sessões.

Por isso, a Secretaria de Segurança do TSE confirmou que o policiamento no local e nos arredores será reforçado. Guaíba

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui