“Tudo que tenho hoje eu devo a ele”, diz fotógrafo, sócio e amigo de Mazzarino

Jornalista Adriano Mazzarino faleceu na noite desta terça-feira (16), aos 56 anos, vítima de uma pancreatite.


0
Fotógrafo Juremir Versetti (d) com Mazzarino em uma cobertura da Festa à Fantasia, em Lajeado (Foto: Arquivo / Divulgação)

O dia do repórter, comemorado nesta terça-feira, 16 de fevereiro de 2021, ficará marcado de forma triste no Vale do Taquari. Na data, por volta das 19h40, o jornalista Adriano Mazzarino, faleceu em decorrência de uma pancreatite.

Ele estava internado no Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre, onde veio a falecer. A morte foi confirmada pela família na noite desta terça-feira. O jornalista era conhecido por matérias polêmicas e possuía o Blog do Mazzarino, onde abordava bastidores da política, temas do cotidiano, humor e fatos surpreendentes do relacionamento humano. Também era formado em Direito, embora não tenha chegado a exercer a profissão.

O fotógrafo Juremir Versetti, além de sócio de Mazzarino no Jornal Antena de Encantado, que também conta com participação da proprietária Zizane Cristina Radaelli (Giza), tinha uma relação de amizade com o jornalista há cerca de 30 anos e diz que tudo que tem hoje deve ao amigo. “Estou na profissão de fotógrafo graças ao Mazzarino. Na época ele tinha o Jornal Opinião, em Encantado, e eu trabalhava na Encantado FM em finais de semana. Um dia faltou fotógrafo e ele me colocou, sendo que a partir disso peguei o gosto pela fotografia”, conta.

Mazzarino era uma pessoa muito conhecida no meio político do Vale do Taquari. Teve mais destaque especialmente por colunas que escreveu, por anos, no Jornal O Informativo do Vale. Ele também foi colunista do Jornal A Hora e trabalhou como repórter por alguns meses, na Rádio Independente. Esporadicamente participava do debate das tardes da emissora como convidado do programa Contraponto. “Ele passou por diversos veículos de comunicação e deixou amigos em todos os lugares”. “Mazza”, como era conhecido, também teve trabalhos na TV. Na RBS apresentou um quadro com informações de eventos regionais no intervalo da programação da emissora. Esse trabalho ele seguia realizando com a TV Zuera na internet.

: Jornalista Adriano Mazzarino faleceu na noite de terça-feira (16) (Foto: Juremir Versetti/Chinelagem Press)

 

Forças para seguir em frente

Juremir Versetti conta que a um tempo atrás pensava em sair do Jornal Antena para seguir outros projetos na Serra Gaúcha, mas após uma conversa com Mazzarino, decidiu ficar, e agora busca forças para seguir em frente sem a presença do sócio no dia a dia. “Pessoal do jornal estão todos abalados. Vai ser difícil entrar na sala dele, ver as coisas dele, enfim”. Natural de Encantado, Mazzarino tinha residência na cidade do Vale do Taquari, bem como em Canoas, onde morava com sua esposa. Além dela, o jornalista deixa os pais e um irmão.

Problemas de saúde e cirurgia marcada

Conforme Juremir Versetti, Mazzarino enfrentava problemas de saúde a mais tempo. As complicações iniciaram no dia 1º de janeiro de 2021, enquanto fazia a cobertura da posse do prefeito eleito de Anta Gorda. Depois de ficar muitas horas sem se alimentar, comeu cinco picolés. “Até então ele não sabia que estava com a diabetes alta e ai praticamente explodiu, pois é uma doença silenciosa, ele passou mal e inclusive desmaiou lá”, relata.

Após o ocorrido, foi levado a Encantado, atendido por uma equipe médica e a partir disso ficou hospitalizado, levado a Santa Cruz do Sul e depois Porto Alegre. Nesta quarta-feira (17), ele faria uma cirurgia e estava sendo cuidado por cinco médicos. “Infelizmente foi tarde de mais, e o jornalismo em nível de região, perde muito com a morte do Mazza”.

Velório e sepultamento

O velório ocorre na tarde desta quarta-feira (17) das 13h às 17h, na capela mortuária do Cemitério São Pedro. Enterro às 17h no Cemitério São Pedro, no bairro Porto Quinze, em Encantado.

Texto: Gabriela Hautrive
reportagem@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui