Turismo cresce no Vale como rota alternativa em meio à pandemia 

Maioria dos turistas são residentes da região metropolitana de Porto Alegre e da serra gaúcha. Entrevistados Diego Zenker e Leandro Arenhart apresentaram o projeto PromoTur.


1
Leandro Arenhart (e) e Diego Zenker (Foto: Rodrigo Gallas)

O turismo regional está em uma crescente em meio à pandemia de coronavírus. Com menos circulação de público, mas com atrativos tão interessantes quanto pontos tradicionais do estado, empreendedores do setor no Vale do Taquari estão vendo um incremento de turistas. “Certo empreendimentos estão recebendo um fluxo de visitantes que nunca tinham recebido em toda sua existência. [..] O pessoal está procurando os lugares que a gente têm. Lugares bonitos, com contato com a natureza. Temos muitos locais que é possível não ter aglomerações”, destaca o analista de projetos do Sebrae VTRP, Diego Zenker.


ouça a entrevista

 


 

A maioria dos turistas são residentes da região metropolitana de Porto Alegre e da serra gaúcha. Para o presidente da Associação dos Municípios de Turismo da Região dos Vales (Amturvales), Leandro Arenhart o Vale do Taquari está se beneficiando da situação, porque está em uma região privilegiada de acesso no centro do estado. “O que sonhávamos está acontecendo. Talvez não em uma hora tão correta, mas a entidade (Amturvales) está indo de encontro com estes turistas para eles se conscientizarem dos cuidados que precisam ter.”

Neste sentido, Arenhart pontua que é ‘importantíssimo’ o empreendimento estar bem posicionado e capacitado para atender bem estes visitantes.

PromoTur

No programa Panorama na manhã desta terça-feira (1º), os entrevistados apresentaram o projeto PromoTur, que pretende unir as bases necessárias para promover o turismo na região. A ideia é captar empreendedores e reunir 60 empresas, dividir entre as oito microrregiões e capacitar os serviços para fomentar o turismo regional.

O objetivo do PromoTur é baseado em quatro pilares afim de promover o Vale do Taquari como um dos principais destinos turísticos do estado, são eles: fortalecer a governança regional; qualificar a oferta turística; promover a região; e captar visitantes.

A meta é aumentar em 10% o número de visitantes dos empreendimentos até o final do projeto — termina em julho de 2021— e incrementar em 10% o faturamento dos empreendimentos participantes.

Os empreendedor interessados em participar devem entrar em contato com Diego Zenker, no Sebrae de Lajeado, ou com a Amturvales.

Acesse aqui a apresentação do projeto 

Texto: Rodrigo Gallas
web@independente.com.br

1 comentário

  1. O movimento do turismo está mais local do que nunca. É preciso aproveitar esse comento com responsabilidade. Fazer o dever de casa para fidelizar os turistas. Pois em outro momento o turista procurará por destinos mais distantes. A plataforma de turismo http://www.viagem20.com.br ajuda a organizar os roteiros e divulgá-los e promovê-los.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui