Turismo de ‘bate e volta’ e localização privilegiada são diferencias para alavancar o setor no Vale do Taquari 

“O estado está vendo o Vale do Taquari como um forte potencial turístico, e não só a Serra e a Região das Hortênsias”, destaca presidente da Amturvales.


0
Presidente da entidade, Leandro Arenhart (Foto: Tiago Silva)

O Centro de Atendimento ao Turista (CAT) em visitas ao Vale do Taquari será inaugurado nesta quarta-feira (20), às 18h, com a presença do secretário de Turismo do estado, Rodrigo Lorenzoni. O espaço funcionará dentro do Parque Histórico de Lajeado como um centro de referência para o visitante, e um local para a divulgação da cultura, das opções turísticas, da produção e dos empreendimentos industriais, comerciais e serviços da região.

Lajeado cederá uma das salas do pórtico de entrada do Parque Histórico para alocar o CAT, idealizado e organizado pela Associação dos Municípios de Turismo da Região dos Vales (Amturvales). O presidente da entidade, Leandro Arenhart, explica que o espaço vai funcionar durante todos os dias. “Até porque o Vale do Taquari tem o turista circulando durante a semana, mas, principalmente, aos finais de semana”, percebe.


ouça a entrevista

 


 

Arenhart diz que a região é beneficiada em termos de turismo, principalmente o turismo de ‘bate e volta’. “Em função desse momento todo que vivemos nos últimos dez meses, os passeios realmente estão mais curtos, passeios de um dia, de dois dias”, descreve. Dessa forma, para o presidente da Amturvales, o Vale é privilegiado por estar perto de regiões como a capital, a Serra Gaúcha e de Santa Maria.

“O estado está vendo o Vale do Taquari como um forte potencial turístico, e não só a Serra e a Região das Hortênsias”, destaca. “O Vale é uma região turística que está sendo descoberta. A pandemia fez com que as pessoas conhecem destinos novos, e o Vale se favoreceu com isso”, destaca.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui