Turismo no RS pode ter prejuízo de até R$ 1,4 bilhão caso Aeroporto Salgado Filho fique fechado até o fim do ano, estima governo

As perdas de arrecadação causadas pelo fechamento também devem reduzir o Produto Interno Bruto (PIB), que é o valor de bens e serviços que o estado produz


0
Foto: Reprodução

A Secretaria de Turismo do Rio Grande do Sul estima que um possível fechamento do Aeroporto Internacional Salgado Filho até o fim do ano pode resultar em um prejuízo de até R$ 1,4 bilhão no setor. A avaliação considera que o terminal fique fechado até o Natal, segundo o Governo Federal. Ao g1, a Fraport, concessionária responsável pela administração do local, diz que o terminal passa por testes na pista e não anunciou oficialmente um prazo para reabrir. Pousos e decolagens não operam no local desde 3 de maio. O estado estima que mais de 30,5% das pessoas que viajam para o RS, vão ao estado por lazer – desses, 4,3% chegam por meio do aeroporto. O principal destino é Porto Alegre, cidade que é seguida por Gramado, na Serra do RS.

O impacto no turismo se manifesta nas proximidades do terminal, conforme o estudo, que avalia perdas diárias de R$ 11,6 a 15 milhões em comércios no aeroporto e nas proximidades. Só em hotéis, os prejuízos podem chegar a R$ 32 milhões até o fim do ano. Para discutir a retomada e encontrar alternativas, o governador Eduardo Leite (PSDB) se reuniu, na quinta-feira (27), com diretores de companhias aéreas que operam no estado. O encontro teve como tema a ampliação do número de voos. O governo estima que o mês de junho encerre com menos de 400 voos, contrastando com os 2,8 mil realizados mensalmente antes das enchentes.

As perdas de arrecadação causadas pelo fechamento também devem reduzir o Produto Interno Bruto (PIB), que é o valor de bens e serviços que o estado produz. O impacto estimado é de R$ 2,5 a 3,2 bilhões.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui