Último debate na França é marcado por acusações; saiba o que acontece se extrema direita ganhar eleições parlamentares

O forte desempenho dos extremistas nas eleições europeias apontou para o descontentamento dos eleitores sobre questões como imigração, violência e custo de vida


0
Emmanuel Macron (Foto: Ludovic Marin/AFP)

A França realizou na noite de quinta-feira (27) o último debate antes das eleições parlamentares do país, que estão previstas para domingo (30). A votação acontece quase um mês depois do presidente francês, Emmanuel Macron, dissolver o parlamento.

Em 9 de junho, o partido de Macron (REM) foi derrotado nas eleições do Parlamento Europeu para o partido (RN) de Marine Le Pen, política populista de extrema direita. Sua decisão teve como objetivo principal evitar que o sucesso na Europa fosse refletido no país – com os nacionalistas ganhando mais visibilidade.

De todo modo, o forte desempenho dos extremistas nas eleições europeias apontou para o descontentamento dos eleitores sobre questões como imigração, violência e custo de vida. Com isso, o primeiro-ministro de Macron, Gabriel Attal, tentou no debate de ontem destacar o quão negativo são esses pontos e acusou seu adversário, Jordan Bardella, do RN, de concordar com eles.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui