Um atrito só ganha amplitude quando acontece uma provocação e uma reação

Psicóloga e psicanalista clínica Dirce Becker Delwing analisa a repercussão dos posts dos prefeitos do Rio, Eduardo Paes, e de Encantado, Jonas Calvi, sobre a estátua do Cristo Protetor


1
Eduardo Paes e Jonas Calvi em posts nas redes sociais (Foto: Montagem / Reprodução)

Quando eu era criança, seguidamente ouvia meu pai repetindo o antigo ditado popular: “Um boi sozinho não briga”. Com esse dizer ele queria mostrar aos filhos que um atrito só ganha amplitude quando acontece uma provocação e uma reação. Lembrei disso no último final de semana quando vi, nas redes socais, a resposta que o prefeito de Encantado, Jonas Calvi, deu ao prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, isso após Paes postar uma provocação na internet. Fazendo uma comparação do monumento, que está sendo construído em Encantado, com o Cristo Redentor, assim escreveu: “construir estátua maior é moleza, quero ver é ter essa vista”.


ouça o comentário

 


Jonas Calvi poderia ter se incomodado com a provocação, poderia ter sido irônico também, poderia ter referido algo sobre a falta de segurança da cidade maravilhosa. Contudo, preferiu a leveza e a elegância, ganhando assim a admiração e o respeito de muita gente. Ao invés de continuar com a rixa, decidiu estabelecer vínculos positivos.

“O Rio de Janeiro continua lindo e o mundo inteiro já conhece. Agora venham todos conhecer o Cristo Protetor de Encantado e as belezas do Vale do Taquari, conhecer nossa cultura e saborear nossa culinária maravilhosa! Vamos adorar receber todos vocês”.

Eduardo Paes deve ter ficado sem graça diante da resposta amável de Calvi. Pelo que li, ele até poderá vir para a inauguração do monumento. A postura de Calvi é uma lição e tanto para os dias de hoje em que há poucas pessoas com prudência diante de uma alfinetada ou até mesmo de qualquer manifestação nas redes sociais. Hoje em dia, qualquer assunto ganha lugar para disseminação de agressões, xingamentos e brigas intermináveis.

Conversava ontem à noite com o prefeito Calvi, ele enfatizou que acredita no diálogo, na construção positiva, na resiliência. Referiu que são valores que traz de casa, da família. Jonas Calvi é advogado de profissão, casado com Taisa. Sem dúvida, sua atitude é um exemplo para todos nós, especialmente para seus três filhos: Eduarda, Gabriel e Guilherme.

Por Dirce Becker Delwing, jornalista, psicóloga e psicanalista clínica

 

1 comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui